Guarda Municipal de Florianópolis tem 26 novos agentes em formação

Durante o curso, que termina em julho, os alunos terão aulas de legislação, uso racional da força e uso de arma de fogo

Até a primeira quinzena de julho, estarão em curso na Acadepol (Academia da Polícia Civil), em Canasvieiras, no Norte da Ilha, 26 dos 150 guardas municipais aprovados no concurso realizado em outubro de 2015 pela Prefeitura de Florianópolis. Com os novos agentes, a GM da Capital contará com um efetivo de 172 guardas para atuar na segurança pública da cidade. Outros aprovados serão chamados dentro das possibilidades fiscais da prefeitura, em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal, garantiu o prefeito Cesar Souza Junior.

Divulgação/Prefeitura de Florianópolis/ND

Os novos agentes da prefeitura de Florianópolis começaram o curso de formação nesta segunda-feira

O primeiro concurso para agente da Guarda Municipal da Capital foi realizado em 2004. Somente 12 anos depois é que a prefeitura abriu um novo edital para ampliar o número de agentes responsáveis pela segurança pública no âmbito municipal. A jornalista Patrícia Pratts, 31, é uma das nove mulheres que integra a turma de 26 calouros. Na manhã desta segunda-feira (15), durante a aula inaugural na Acadepol, ela ressaltou o expressivo número de integrantes do sexo feminino na turma. “Acredito que tão importante quanto fiscalizar seja realizar o trabalho de prevenção e educação do trânsito que os agentes realizam. Minha intenção é contribuir para a sociedade. Foi por isso que me preparei”, salientou a moradora do bairro Estreito.

Para serem aprovados, os candidatos como o geógrafo Getúlio Silva, 28, passaram por provas de conhecimentos gerais e específicos, testes de aptidão e saúde física. “Meu interesse pela área de segurança vem de casa. Meu pai era militar, servi o exército e desde então tenho estudado para atuar nessa área”, salientou. Os 26 alunos terão aulas praticamente todos os dias da semana até completarem o curso que será ministrado por agentes da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e da própria Guarda Municipal. Técnica operacional para uso de arma de fogo, uso racional da força e Legislação estão entre as disciplinas que compõem o curso.

O diretor da Guarda Municipal, Valci Brasil lembra que a realização do concurso após 12 anos atende a um antigo anseio da instituição. “Precisaríamos, devido ao número de habitantes da Capital, de pelo menos de 500 agentes para atender todas as regiões da cidade, mas já é um avanço termos uma nova turma depois de mais de uma década sem concurso público para a função”, salientou Brasil. Atualmente a Guarda Municipal conta com 145 agentes responsáveis pela segurança pública e patrimonial de Florianópolis. Parte do trabalho dos guardas consiste em fiscalizar o trânsito na cidade. O diretor lembra que em rodovias estaduais e federais a fiscalização é feita quando as polícias rodoviárias solicitam apoio. “Somos parceiros do mesmo modo que a Polícia Militar é nossa quando solicitamos. Mas cada órgão atua na esfera que lhe compete”, explicou.

O prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior participou da aula inaugural, na Acadepol. Ele cumprimentou cada um dos alunos. “Nós precisamos realmente aumentar o efetivo da Guarda Municipal. Este é um momento histórico. Estes homens e mulheres atuarão na segurança do patrimônio e do cidadão, na ronda escolar e na gestão do trânsito”, afirmou. O prefeito lembrou ainda que os demais aprovados no concurso serão chamados tão logo as condições fiscais permitam. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...