Homem é morto a tiros por atravessar faixa de pedestres “muito devagar”, nos EUA

O autor dos disparos se entregou à polícia e confessou que estava com pressa, e que a lentidão da vítima o havia irritado

Um homem de 29 anos morreu após levar oito tiros em Union Springs, no estado do Alabama (EUA).

De acordo com o jornal WSFA News, afiliada da NBC, o crime ocorreu em frente a um posto de gasolina, em meio a uma faixa de pedestres, no fim de agosto deste ano.

Crime ocorreu porque homem atravessava a faixa de pedestres devagar – Foto: Divulgação

O autor dos disparos, identificado como Jeremiah W. P., de 22 anos, estava dentro de um carro, parado próximo à faixa e esperando Johnarian Travez Allen atravessá-la.

Ele fugiu do local após o crime, mas depois se entregou.

À esquerda, a vítima, Johnarian Travez Allen, e à direita, o suspeito – Foto: Reprodução

À polícia, Jeremiah confessou ter matado o homem porque ele estaria “andando muito devagar”, e o rapaz estava com pressa. O americano foi preso.

O estado do Alabama é conhecido por ser um dos mais rígidos do país em se tratando de pena por assassinato. Se condenado, Jeremiah poderá pegar pena de morte.

+

Segurança