Homem é morto por colega de trabalho dentro de frigorífico em Chapecó

Venezuelano de 40 anos foi atingido por facada na axila; segundo testemunhas, suspeito tinha desavença com a vítima

Um homem de 40 anos foi morto por um colega dentro de um frigorífico, na madrugada desta sexta-feira (27), em Chapecó, no Oeste do Estado. A informação foi divulgada pela Polícia Militar.

Suspeito do crime foi preso e levado à CPP de Chapecó – Foto: Polícia Militar/Divulgação/NDSuspeito do crime foi preso e levado à CPP de Chapecó – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

De acordo com a polícia, um haitiano de 36 anos foi preso logo após o crime, por volta das 4h40, como suspeito do homicídio. Ele teria recebido um soco da vítima, um venezuelano, ainda durante a madrugada, o que teria motivado o assassinato.

“Minutos depois [o haitiano] retornou a fazer contato com o venezuelano e, já com a faca, deu um golpe na axila do homem. Ele foi prontamente atendido, mas morreu no local”, disse o soldado Petrycoski, da Polícia Militar. 

O homem disse aos policiais que conseguiu a faca no próprio setor onde trabalha, onde atuam cerca de 50 pessoas. Segundo a PM, 40 desses trabalhadores utilizam facas. 

Leia também:

O haitiano, conforme a polícia, ainda relatou que tinha um bom relacionamento com a vítima. No entanto, testemunhas disseram que ambos já tinham desavenças antigas.

O IGP (Instituto Geral de Perícias) foi chamado e removeu o corpo do local e a faca foi apreendida. A Polícia Civil vai investigar o caso através da DIC (Divisão de Investigação Criminal).

O suspeito do crime foi preso e levado à CPP (Central de Plantão Policial) de Chapecó. 

Contraponto

A reportagem do nd+ entrou em contato com a empresa em questão, mas não teve resposta até as 8h30 desta sexta-feira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...