Homem morre e fica mais de cinco horas na rua até ser recolhido em SC

Central Funerária disse que precisava de uma autorização para recolher o corpo, mas o responsável por emitir o documento não estava disponível

O corpo de um homem de aproximadamente 35 anos, que morreu após sofrer um mal súbito, teve que esperar mais de cinco horas para ser recolhido em Blumenau, no Vale do Itajaí. Ele faleceu enquanto caminhava pela rua José Reuters na tarde desta quarta-feira (3).

De acordo com informações de testemunhas, a vítima estava coletando materiais recicláveis quando se sentiu mal, por volta das 14h. O homem deixou a carrocinha na frente de uma cooperativa de crédito e caminhou por mais alguns metros até cair ao lado da calçada.

Corpo fica mais de cinco horas na rua até ser recolhido em Blumenau – Foto: Reprodução/NDTVCorpo fica mais de cinco horas na rua até ser recolhido em Blumenau – Foto: Reprodução/NDTV

A princípio os moradores acharam que ele estava caído em função da ingestão de bebidas alcoólicas. Mas após perceberem que o homem não se mexia, resolveram acionar o Samu e a Polícia Militar.

Equipes do serviço médico foram até o local e constataram que o homem estava em óbito. Na sequência foi acionada a equipe do IML (Instituto Médico Legal), que também foi ao local e constatou a morte da vítima.

No entanto, o corpo não foi recolhido. O IML alegou que não poderia fazer a remoção uma vez que a morte ocorreu por causas naturais, e o órgão atende casos de mortes por homicídio, suicídio e acidentes.

A Central Funerária de Blumenau foi então acionada, já que o homem estava em situação de rua. O corpo foi recolhido por volta das 19h30, mais de cinco horas depois. Funcionários alegaram que precisavam de uma autorização para fazer a retirada do corpo, mas o responsável pela emissão do documento não estava disponível.

Por meio de nota, a prefeitura de Blumenau, que é responsável pela Central Funerária, informou que vai instaurar um processo administrativo para apurar os fatos.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana – Seurb informa que está realizando os procedimentos para a apuração dos fatos e responsáveis sobre ocorrido na Rua José Reuter, nesta quarta, dia 3. Também será instaurado processo administrativo para apurar os possíveis responsáveis que serão punidos conforme regimento estatutário dos servidores públicos, se for servidor efetivo, e no caso dos cargos em comissão poderá ocorrer exoneração.”

>> Por falta de funcionários, IML de Blumenau terá de atender 38 cidades

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança