Hóspedes têm momentos de pânico com explosão em hotel; veja fotos da destruição

Levantamento dos bombeiros aponta para provável vazamento de gás na lavanderia do Slaviero da Beira-Mar, na Capital. Duas pessoas se feriram - uma funcionária teve grande parte do corpo queimado

“Tinha acabado de chegar. Só tinha tirado meu tênis e quando, de repente, só ouvi a explosão. Não desfiz mala, nem nada.” O relato é de Anne Pimentel, uma das hóspedes do Slaviero Baia Norte, localizado na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, onde uma explosão na tarde deste domingo (15) deixou duas pessoas feridas, uma delas em estado grave.

Explosão no hotel Slaviero – Foto: Leo Munhoz/NDExplosão no hotel Slaviero – Foto: Leo Munhoz/ND

Levantamento do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina aponta, inicialmente, que por volta das 14h20, ocorreu uma explosão no subsolo. Pelas características e relatos, teria sido provocada por um possível vazamento de GLP (gás liquefeito de petróleo).

Ainda há se apurar se a explosão foi na cozinha do hotel ou se na área da caldeira – que faz o aquecimento da água do hotel e da lavanderia, local mais danificado no prédio.

Integrantes do Corpo de Bombeiros durante avaliação dos estragos da explosão - Leo Munhoz/ND
1 12
Integrantes do Corpo de Bombeiros durante avaliação dos estragos da explosão - Leo Munhoz/ND
Explosão deixou duas pessoas feridas, uma delas em estado grave - Leo Munhoz/ND
2 12
Explosão deixou duas pessoas feridas, uma delas em estado grave - Leo Munhoz/ND
Fundo do hotel também foi atingido na explosão - Leo Munhoz/ND
3 12
Fundo do hotel também foi atingido na explosão - Leo Munhoz/ND
Técnico da Defesa Civil inspeciona saída de emergência utilizada para retirada dos hóspedes - Leo Munhoz/ND
4 12
Técnico da Defesa Civil inspeciona saída de emergência utilizada para retirada dos hóspedes - Leo Munhoz/ND
Nos fundos do hotel sinais de destruição - Leo Munhoz/ND
5 12
Nos fundos do hotel sinais de destruição - Leo Munhoz/ND
Hóspedes foram levados para outra unidade da rede em Florianópolis - Leo Munhoz/ND
6 12
Hóspedes foram levados para outra unidade da rede em Florianópolis - Leo Munhoz/ND
Destruição causada pela explosão no Hotel Slaviero Baia Norte - Leo Munhoz/ND
7 12
Destruição causada pela explosão no Hotel Slaviero Baia Norte - Leo Munhoz/ND
Hóspedes foram acompanhados por integrantes para recolherem os pertences nos quartos - Leo Munhoz/ND
8 12
Hóspedes foram acompanhados por integrantes para recolherem os pertences nos quartos - Leo Munhoz/ND
Explosão no hotel Slaviero - Leo Munhoz/ND
9 12
Explosão no hotel Slaviero - Leo Munhoz/ND
Hóspedes retornaram ao hotel para pegar os pertences - Leo Munhoz/ND
10 12
Hóspedes retornaram ao hotel para pegar os pertences - Leo Munhoz/ND
Técnicos da Defesa Civil Municipal realizaram inspeção na estrutura do prédio - Leo Munhoz/ND
11 12
Técnicos da Defesa Civil Municipal realizaram inspeção na estrutura do prédio - Leo Munhoz/ND
Explosão em subsolo do Hotel Slaviero Baia Norte deixou funcionária gravemente ferida - Leo Munhoz/ND
12 12
Explosão em subsolo do Hotel Slaviero Baia Norte deixou funcionária gravemente ferida - Leo Munhoz/ND

Informações é que tinham 31 adultos e uma criança no hotel, mas havia poucos apartamentos ocupados no exato momento da explosão. Os hóspedes que estavam no prédio foram retirados pela porta de emergência no fundo do hotel.

Segundo o coronel Diogo Losso, do Corpo de Bombeiros, o importante primeiro foi assegurar o atendimento às vítimas. “Uma funcionária do hotel, que provavelmente estava muito próxima do local e início da explosão teve grande parte do corpo queimado e uma outra pessoa que transitava aqui pela Beira-Mar Norte foi levemente atingida por alguns estilhados de vidro”, informou.

Por volta das 16h30, com a estrutura do prédio preservada e o local periciado pelos bombeiros e pela Polícia Científica foi autorizada a entrada dos hóspedes para retirada dos seus pertences. Eles foram realocados em outra unidade da rede hoteleira.

“Minhas coisas estão lá, não desfiz mala, nem nada”, contou Anne, que tinha acabado de se hospedar em um dos quartos do terceiro andar. Ela lembrou que escapou pelas escadas e, desnorteada, saiu pela garagem, apenas usando meias. “Eu nem ia voltar aqui”, disse a hóspede, que foi convencida por um amigo a retornar e pegar as bagagens.

Hóspede fez vídeo minutos depois da explosão – Vídeo: Divulgação/ND

Anne revelou que foram momentos de horror. Ela disse ter visto a funcionária atingida pedindo ajuda. “Eu vi ela gritando aqui embaixo. Foi um horror!”, descreve.

“As coisas estavam no chão. Um monte de coisa no chão que tínhamos deixado em cima do móvel. O bicho tremeu”, disse uma hóspede de São Paulo que estava no hotel com o marido, ao retornar do quarto onde recolheu as malas.

Mais de uma explosão

Vizinhos ao hotel relataram que ouviram mais de uma explosão. “O barulho não parava, porque quando é (explosão) de transformador dá o barulhão e depois passa e aqui não passava. Quando passou, eu estava sentada na cama, e sai correndo”, lembrou a enfermeira Maritza Beatriz.

Ela ressaltou que minutos antes da explosão tinham sentido cheiro forte de gás. A cozinha do hotel fica ao lado da casa da família dela. No restante da tarde, técnicos da Defesa Civil de Florianópolis testaram a estrutura do prédio, que apresentava algumas rachaduras. Inicialmente, a parte estrutural não foi comprometida.

Slaviero

Por meio de nota, a rede Slaviero Hotéis informou que os bombeiros foram chamados imediatamente. Confirma que “uma colaboradora ficou ferida e foi encaminhada para um hospital próximo, onde recebe todo o apoio e será também posteriormente acolhida por nossa equipe e cuidados”.

A rede hoteleira informou ainda que o prédio foi interditado e os hóspedes presentes e os com entradas previstas entre ontem e hoje foram realocados em um outro hotel parceiro da região.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...