Identificada mulher de 24 anos achada morta ao lado da filha em Xaxim

Corpo da jovem foi encontrado ao lado da filha de 4 anos; caso é investigado como feminicídio e marido da vítima está foragido

“Nada melhor que um dia após o outro”. Gisele Ramos, de 24 anos, definiu desta forma seu modo de viver em publicação em uma rede social. A jovem, no entanto, teve sua trajetória interrompida com um tiro na cabeça dentro de casa, em Xaxim, no Oeste de Santa Catarina.

Gisele Ramos foi morta dentro de casa – Foto: Facebook/Reprodução/ND

A morena dos cabelos cacheados gostava de mostrar sua beleza nas redes sociais. Ela foi encontrada morta por uma vizinha, perto das 10h desta quinta-feira (30), em um dos quartos da casa, na rua Rio de Janeiro, no bairro Chagas. 

Ao lado dela estava a filha, de apenas 4 anos, que dormia junto ao corpo da mãe sem se dar conta da tragédia. Para a vizinha, a garota contou que ouviu a mãe dizer “para, para, não faça isso” na noite de quarta-feira (29).

Um inquérito policial foi aberto pela Polícia Civil de Xaxim para investigar o caso, que é considerado feminicídio. Para o delegado Gustavo Altemar, já há um suspeito do assassinato. 

“Pela dinâmica do local dos fatos, não descarta a possibilidade de ser o companheiro da vítima. Recebemos informações que repercutem em São Lourenço do Oeste, porém não podemos repassar mais detalhes”, disse o delegado ao nd+.

Perícia removeu o corpo para análise – Foto: Divulgação/ND

Altemar afirma que o suspeito do crime não foi mais visto. “Ele não foi encontrado e não compareceu ao trabalho [na quinta]”, completou. Eles estavam juntos há quase três meses, segundo a polícia. 

Gisele deixou duas crianças, sendo uma a menina que estava com ela no momento do crime, e também um menino que estava com a avó. O IGP (Instituto Geral de Perícias) coletou informações no local do crime ainda na manhã de quinta-feira.

+

Segurança