Mais de 40 estabelecimentos são flagrados descumprindo o decreto em Florianópolis

Nas ações de fiscalização, são verificados uso de máscaras, distanciamento social, disposição de mesas e cadeiras, álcool gel, sistema de ventilação e exposição dos alvarás de funcionamento

Desde sexta-feira (19), oito estabelecimentos de Florianópolis foram flagrados funcionando sem alvará sanitário e 44 apresentando irregularidades em relação aos decretos vigentes contra a Covid-19. Até este domingo (21), quatro locais haviam sido advertidos.

Do total, 96 estabelecimentos foram encontrados funcionando de forma corretaDo total, 96 estabelecimentos foram encontrados funcionando de forma correta – Foto: GMF/Divulgação/ND

Segundo a prefeitura, serão abertos processos administrativos para determinar sanções aos locais que atuavam de forma irregular.

A força-tarefa é formada por fiscais da Vigilância Sanitária do município e do Procon, agentes da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) e auxiliares da Susp (Sistema Único de Segurança Pública).

Dos locais vistoriados, segundo o município, 96 funcionavam em conformidade com as orientações de controle do novo coronavírus. Além do final de semana, as vistorias também são realizadas diariamente.

São verificados nas ações o uso correto de máscaras, distanciamento social, disposição de mesas e cadeiras, álcool gel, sistema de ventilação, exposição dos alvarás de funcionamento em locais visíveis e outros regramentos.

Os agentes também retornam em locais anteriores com histórico de problemas para averiguar o andamento das melhorias solicitadas. Irregularidades detectadas podem gerar multas de até R$ 500 mil reais.

Relembre as regras

Até o dia 5 de abril, qualquer evento está proibido em todo o território catarinense, segundo o decreto publicado na noite desta sexta-feira (19). Os bares podem funcionar até às 22h.

Casas noturnas devem ficar fechadas. O fornecimento de bebidas alcoólicas para consumo no local é proibido entre 18h e 6h. A partir de terça-feira (23), quem for flagrado sem máscara será multado em R$ 500.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Segurança