Médico da UPA Sul é agredido ao chegar para trabalhar em Florianópolis

Segundo informações da Polícia Civil, ele estava sendo perseguido até o local; caso aconteceu na manhã deste domingo (5)

Um médico pediatra foi agredido na manhã deste domingo (5) ao chegar no trabalho na UPA Sul (Unidade de Pronto Atendimento). Segundo informações da Polícia Civil, ele estava sendo perseguido até chegar ao local.

Médico é agredido ao chegar para trabalhar na UPA Sul – Foto: PMF/DivulgaçãoMédico é agredido ao chegar para trabalhar na UPA Sul – Foto: PMF/Divulgação

A agressão aconteceu no pátio da unidade, onde estão acontecendo reformas para ampliação da UPA.

Segundo informações da Prefeitura de Florianópolis, o prefeito Gean Loureiro entrou em contato com o Comando Geral da Polícia Militar de Santa Catarina e a Delegacia Geral de Polícia Civil, que já está acompanhando o caso.

Leia também:

Responsável pela investigação, o delegado Ronaldo Moretto afirmou que ainda não há suspeitos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...