Com risco grave, Chapecó registra aglomerações no feriadão

Ações de fiscalização foram realizadas pela Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Polícia Militar, a fim de garantir o cumprimento das orientações sanitárias

Noventa e duas ocorrências foram atendidas pela Guarda Municipal de Chapecó, no Oeste do Estado, durante o feriadão de Finados. As fiscalizações foram feitas para prevenção contra disseminação da Covid-19, uma vez que o município vive um momento de alta no contágio. 

Segundo a prefeitura de Chapecó, 42 ocorrências foram relacionadas ao descumprimento de regras preventivas como aglomerações, falta do uso de máscara e perturbação do sossego público.

Dois autos de infração sanitária foram lavrados pelo não uso de máscaras e um bar foi interditado pela Vigilância Sanitária pelo não cumprimento das medidas.  Já a PM (Polícia Militar) atendeu 163 ocorrências desde às 00h00 de sábado (31) até às 23h59 do domingo (1º).

Polícia Militar auxiliou em fiscalizações. – Foto: Polícia Militar/DivulgaçãoPolícia Militar auxiliou em fiscalizações. – Foto: Polícia Militar/Divulgação

Pandemia

Chapecó está na classificação de risco grave da doença. Nesta terça-feira (3) o município registrou a 81ª morte em decorrência do vírus. A vítima foi um homem de 67 anos com registro de outras comorbidades. 

Segundo boletim da prefeitura do município, nesta terça-feira Chapecó está com 402 casos ativos da doença e 8.176 confirmados, dos quais 7.693 já são considerados recuperados. Ainda são suspeitos 813 casos. Seguem em internação 37  pacientes, sendo 20 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 17 em enfermaria.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...