Mistério em Itajaí: mãe e filho são encontrados mortos dentro de casa

Os corpos estavam em estado de putrefação. A suspeita inicial é de intoxicação exógena, segundo avaliação do IGP

Os corpos de uma mãe de 50 anos e de um filho de 27 anos foram encontrados em estado de putrefação no bairro Santa Regina, em Itajaí, nesta terça-feira (18).

Trabalho do IGP durou praticamente três horas – Foto: Willian Ricardo/ND

Após necropsia, o IGP (Instituto Geral de Perícias) de Balneário Camboriú diz que, por enquanto, a causa mortis é indeterminada. A suspeita inicial é de intoxicação exógena, ou externa.

Materiais foram coletados e enviados para análise em Florianópolis. Apenas com estes resultados será possível identificar de fato a causa.

A DIC (Divisão de Investigação Criminal de Itajaí) instaurou inquérito e está apurando o caso. Segundo o delegado responsável Rafael Lorencetti, os policiais foram avisados por uma vizinha das vítimas, que informou que não havia visto seus vizinhos por dois dias, e que a luz da casa permanecia sempre acesa.

Leia também:

Desconfiada, a mulher abriu a porta da residência, que estava destrancada, e avistou o homem de 27 anos que morava na residência caído no chão já sem vida. A mãe da vítima, uma mulher de 50 anos, também estava no local também morta.

Conforme Lorencetti, trabalha-se com a hipótese de que as mortes tenham ocorrido durante o final de semana. Ele também falou que não foram encontradas evidências de violência, nenhum sinal de luta corporal e os objetos da casa pareciam intactos, o que, de forma preliminar, afasta a possibilidade de evidências de homicídio.

+

Segurança