Moradores e veranistas de Itajuba fazem protesto por mais segurança

Grupo pede no próximo sábado (27) aumento do efetivo policial, posto de atendimento 24h e funcionamento das câmeras de segurança

Moradores e veranistas de Itajuba, em Barra Velha, estão mobilizados para reivindicar mais segurança diante dos crimes que têm assustado quem frequenta as ruas e areias da localidade. Um posto de atendimento 24 horas da Polícia Militar, o funcionamento das câmeras de segurança – que já estão instaladas, mas não funcionam – e o aumento do efetivo policial, com mais um delegado e três investigadores da cidade são os três pedidos que impulsionam a manifestação ‘Por uma Itajuba Segura’, que irá ocorrer no próximo sábado (27), a partir das 9h.

Para Paulo Antunes, membro da comissão formada por moradores e veranistas, o limitado efetivo das polícias Civil e Militar não consegue atender à demanda da região que, de acordo com ele, fica à deriva após o Carnaval. Segundo Antunes, uma comissão de veranistas se uniu às comissões de moradores já existentes para solicitar junto às autoridades mais segurança para o bairro. Neste ano, até o dia 18 de fevereiro, foram registradas 198 ocorrências policiais em Itajuba.

Com o objetivo de pressionar as autoridades, a comissão formada para reivindicar segurança, a Comissão Por Uma Itajuba Segura entrou em contato com as autoridades de segurança e políticos locais. Na tarde desta terça (23), cerca de seis pessoas que fazem parte da comissão juntamente com os deputados Darci de Matos e Patrício Destro, o prefeito de Barra Velha, Claudemir Matias Francisco e o delegado regional Laurito Akira Sato se reuniram com o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, com o comandante geral da Polícia Militar, Paulo Henrique Hemm e com o delegado geral da Polícia Civil, Artur Nitz para apresentar o pedido da população por mais segurança. Caso a cúpula de segurança não atenda aos pedidos dos moradores e veranistas de Itajuba, a comissão pretende apelar à Justiça. “Se não formos atendidos, vamos mover uma ação via promotoria”, afirma Antunes.

A manifestação tem como objetivo, além da organização dos moradores e veranistas, mostrar às autoridades que Itajuba pede por mais segurança. “Dessa forma estaremos chamando atenção da opinião pública e endossando a documentação que pretendemos entregar à promotoria caso o encontro com a cúpula de segurança não surta o efeito desejado”, destacou o membro da comissão.

O protesto irá percorrer as principais ruas do bairro e terá concentração às 9h, na Avenida Itajuba, em frente à Igreja Senhor Bom Jesus. A expectativa é de que pelo menos 500 pessoas participem do ato.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...