Morre vítima de incêndio em casa na Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis

Homem de 44 anos teve 80% do corpo queimado pelas chamas e estava internado no Hospital Governador Celso Ramos, no Centro da Capital, desde o dia 19 de fevereiro

Eduardo Inácio Caparica, uma das vítimas do incêndio em uma casa na Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis, morreu no último domingo (28). A informação foi confirmada pela Polícia Civil nesta terça-feira (2).

O homem de 44 anos teve 80% do corpo queimado pelas chamas e estava internado no Hospital Governador Celso Ramos, no Centro da Capital, desde o dia 19 de fevereiro, quando atearam fogo em sua casa.

Interior de casa após incêndioHavia duas crianças na casa, que não ficaram feridas – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

A vítima morava na residência com a ex-companheira Josiane Cecchi, de 42 anos, e três filhos. A suspeita é de que Marlon dos Santos, com quem a mulher teve um breve envolvimento depois do término do relacionamento com Eduardo, tenha ateado fogo na casa da família por não aceitar o fim da relação com Josiane.

Os filhos do casal, uma menina de 4 anos e um menino de 7 anos, tiveram ferimentos leves. Josiane foi internada após o incêndio, com 70% do corpo queimado, e sua filha mais velha e o genro também receberam atendimento hospitalar.

Marlon dos Santos, suspeito de atear fogo na casa, morreu no dia 22 de fevereiro, no hospital. O delegado Flávio Lima e Silva Júnior, da 6ª DP e da DPCAMI da Capital, que investiga o caso, disse que o inquérito deve ser concluído nos próximos dias, após o laudo do exame do local de crime ser apresentado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança