Mulher assassinada pelo ex-marido em SC tinha medida protetiva em vigor

Roberta Cristina Fischer, aos 24 anos, foi morta a facadas em Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí

A mulher assassinada pelo ex-marido em Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí, tinha uma medida protetiva em vigor. A informação foi confirmada ao ND+ pela Polícia Civil, que apura o caso. O documento emitido pela Justiça proibia o agressor de se aproximar da vítima.

Um papel, porém, não foi o bastante para evitar o feminicídio. Na manhã deste domingo (28), Rodrigo Pires, de 29 anos, invadiu a casa onde estava Roberta Cristina Fischer, de 24 anos. Ela foi esfaqueada até a morte. Os três filhos pequenos do ex-casal presenciaram parte das agressões.

Roberta foi morta a facadas em Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí – Foto: Reprodução/Redes sociaisRoberta foi morta a facadas em Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí – Foto: Reprodução/Redes sociais

Na sequência, o assassino ainda acertou golpes de faca no atual companheiro da vítima e depois tentou tirar a própria vida. Os dois foram levados em estado grave ao Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul. A reportagem ainda aguarda atualização do quadro clínico deles.

O velório de Roberta começou neste domingo às 17h30 na Casa Mortuária Sagrado Coração de Jesus. O enterro será a partir das 10h Cemitério Municipal de Pouso Redondo. Ela morava no Alto Vale do Itajaí, mas era natural de Blumenau.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Segurança