Mulher discute com o marido e dá uma facada no coração dele, em Garopaba

Ao se construir um relacionamento há necessidade de respeito mútuo. Ferindo este preceito, fere-se também a dignidade. Dependendo da desconfiança de um dos pares, as discussões podem ultrapassar os limites com resultados drásticos, que certamente nenhum dos dois desejava. Mas no calor da discussão a fúria pode ser mortal, como ocorreu neste fim de semana em Garopaba, quando Daiana, 20 anos, matou o marido Rafael Aguiar, 18, com uma facada no coração. O casal tem um bebê.

Segundo policiais da delegacia de Garopaba, Rafael queria sair, mas Daiana não permitia. Os gritos chamaram a atenção dos vizinhos, que foram checar o que estava acontecendo e encontraram Rafael no chão, ao lado de uma poça de sangue. Enquanto eles acudiam a vítima, Daiana saiu à francesa, sem eles perceberem. O fato ocorreu no bairro Costa do Macacu, lugar de mata densa.

Policiais militares foram acionados e levaram um cachorro para tentar localizar a agressora, mas não obtiveram êxito. A polícia acredita que Daiana, sem passagens policiais, deve se apresentar na delegacia a qualquer momento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.