Mulher é morta a facadas na frente dos filhos em São João do Sul; companheiro é suspeito

Após cometer o crime, suspeito teria tentando suicídio, mas foi hospitalizado com vida; ele tem antecedentes por violência doméstica

Uma mulher de 35 anos foi morta a facadas na cidade de São João do Sul, na região Sul de Santa Catarina, na tarde dessa quinta-feira (5).

Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima. Ele teria desferido golpes de faca na mulher na frente dos filhos do casal após uma discussão.

Mulher foi encontrada já sem vida ao lado do portão de casa – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoMulher foi encontrada já sem vida ao lado do portão de casa – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Após atacar a vítima, o suspeito, de 42 anos, tentou cometer suicídio. Ele foi preso em flagrante pela polícia e está internado no hospital com estado de saúde considerado grave.

De acordo com o delegado André Coltro, o motivo do crime seria ciúmes. A vítima, Adriana Cristina Martins, vivia em união estável com o suspeito e estaria pensando em se separar.

O casal morava na cidade de Ijuí, no Rio Grande do Sul, e havia se mudado recentemente para São João do Sul.

Segundo a polícia, o relacionamento sempre foi conturbado e o homem já tem antecedentes por violência doméstica.

Os filhos do casal, de 5, 8 e 10 anos, além do filho do suspeito, de 24 anos, estavam na casa e presenciaram o crime. Os vizinhos escutaram gritos e chamaram a polícia.

A vítima foi encontrada já sem vida no portão da casa, às 16h50, com ferimentos na perna, abdômen e tórax.

A Polícia Civil abriu inquérito e investiga o caso como feminicídio.

+ Segurança