Mulher é morta com tiro na cabeça por engano após discussão entre homens em Grão-Pará

Vítima chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu; ela teria escutado o barulho da discussão e foi ver o que estava acontecendo

Uma mulher de 57 anos morreu após ser atingida por um tiro na cabeça por engano, na noite desta terça-feira (4), em Grão-Pará, no Sul de Santa Catarina.

Conforme relatado à Polícia Militar pelo vizinho da vítima, ele teria sido abordado por dois homens, um de 31 e outro de 28 anos, na porta de casa. Foi iniciada uma discussão, quando o homem de 28 sacou uma arma e atirou contra o de 31.

A testemunha, então, correu em direção a um beco próximo à casa onde mora para se esconder. Ele disse não ter visto mais nada do que aconteceu.

Um dos disparos do suspeito acabou atingido a mulher que, conforme a PM, foi para a rua para ver o que estava acontecendo. A vítima chegou a ser encaminhada em estado grave ao Hospital Santa Teresinha, em Braço do Norte, mas não resistiu.

O suspeito tem passagens policiais por ameaça e lesão corporal. Ele fugiu do local.

+

Segurança