Mulher leva seis facadas após discutir com o companheiro, em Camboriú

Briga teria sido motivada pelo horário em que a mulher chegou em casa; suspeito foi detido por tentativa de feminicídio

A Polícia Militar foi acionada na madrugada deste domingo (29), por volta das 2h, para atender uma ocorrência de tentativa de feminicídio em Camboriú. Ao chegar no local, os policiais encontraram uma mulher de 31 anos ensanguentada no chão.

A ocorrência de violência doméstica se deu na rua Teresa Evangelista Gonçalves, no bairro Taboleiro.

Briga teria sido motivada pelo horário que a mulher chegou em casa – Foto: PM/Divulgação

Assim que chegou ao local, a guarnição policial se deparou com os dois envolvidos deitados no chão e ensanguentados. Imediatamente foi acionado o resgate de urgência para atendimento médico.

Leia também:

A vítima, uma mulher de 31 anos, sofreu seis facadas em diversos pontos. Já seu companheiro, um homem de 35 anos, apresentava algumas lesões na orelha e no peito.

Diante da gravidade do estado da mulher, os policiais não conseguiram colher o seu relato. Entretanto, a médica plantonista do hospital afirmou que a vítima não corre risco de morte.

Os policiais averiguaram com testemunhas no local do crime que a briga começou após uma discussão. O desentendimento entre o casal teria começado por causa do horário que a mulher chegou em casa. As testemunhas também afirmaram que as brigas entre o casal eram frequentes, entretanto, o Capitão Zancanaro, da PM, afirmou que não havia nenhum registro de violência entre o casal até então.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao homem pelo crime de feminicídio. O suspeito foi conduzido para atendimento médico e posteriormente, conduzido à CPP (Central de Plantão Policial) em Balneário Camboriú, juntamente com a faca usada para cometer o crime.

+

Segurança