Turista argentina deixada para trás em Florianópolis no retorno da viagens de férias

Caso ocorreu por desentendimento, mas família voltou para buscar a mulher

Família argentina volta para buscar parente

Mais uma turista argentina ficou pra trás e a família seguiu viagem. Uma mulher de 48 anos e o marido se desentenderam com as duas filhas no retorno para casa, e ela decidiu vir de ônibus. Este foi o quarto caso de visitantes que tiveram que voltar de viagem para buscar um membro da família no Sul do país, durante a temporada. No Rio Grande do Sul, três mulheres foram esquecidas em postos de combustível. O motivo em Santa Catarina foi desavença. A mulher se arrependeu da decisão adotada, e pediu para o motorista do ônibus parar no posto da Polícia Rodoviária Federal, em São José, para entrar em contato com o marido. Os policiais conectaram o celular da turista à rede wi-fi da PRF e enviaram mensagens à filha por meio de um aplicativo. Horas depois, quando já estavam em Sangão, no Sul do Estado, distante 164 quilômetros, o marido e a filha visualizaram as mensagens e resolveram voltar para buscá-la. O reencontro ocorreu na unidade operacional de Palhoça. Pai, mãe e filhas se abraçaram, fizeram as pazes e seguiram para Buenos Aires. 

Prisão

O desocupado Anderson, com passagens policiais, foi preso no Bom Viver, em Biguaçu, com uma pistola calibre 45 municiada. A arma é de uso exclusivo das Forças Armadas. Anderson é apontado como responsável pelo assassinato de um adolescente de 16 anos no bairro. O suspeito foi levado à Central Regional de São José, mas negou a autoria do homicídio. Além de ser autuado em flagrante por porte ilegal de arma, Anderson ainda continua sendo investigado pela morte.  

Divulgação/ND

Drogas e notas apreendidas em Itajaí

Dinheiro

A guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático de Itajaí foi conferir denúncia de tráfico de drogas no bairro São Vicente e capturou um jovem de 22 anos e sua irmã de 23 anos com drogas e dinheiro. Com a dupla, foram encontrados 13 torrões de maconha, 36 compridos de ecstasy, 62 micropontos de LCD e R$ 4.271 em espécie. Quando a polícia chegou na casa, havia várias pessoas consumindo drogas. Uma delas tinha sete cigarros grandes de maconha embalados em plástico filme.

Apreensão de cocaína, maconha e lança perfume

Durante ronda de rotina no Morro do Chicão, em Biguaçu, uma guarnição do PPT (Pelotão de Patrulhamento Tático) apreendeu três sacolas de plástico contendo 59 petecas de cocaína, 38 tabletes de maconha e 20 tubos de cheirinho da Loló (lança-perfume caseiro). O material apreendido foi entregue na delegacia de Biguaçu. Segundo os policiais, as sacolas foram abandonadas por um rapaz, numa servidão que liga os morros do Chicão e Boa Vista.

Crime

Foi durante uma partida de futebol, em Itajaí, que José Armando discutiu com Tarcísio por causa jogo. Em outro lance, quando os dois se esbarraram novamente, José acusou Tarcísio de roubo. Houve briga, que foi separada pelos colegas, mas a discussão reiniciou fora do campo, quando o agressor pegou uma faca e atingiu a vítima. Tarcísio foi levado ao Hospital Marieta Konder Bornhausen com um corte profundo na barriga. O suspeito foi capturado no banheiro de um bar, próximo do campo de futebol.

Divulgação//ND

Revólver apreendido na prisão de dupla que tentava realizar sequestro

Sequestro

O filho falava no celular com o pai quando ouviu ele pedir calma a dois assaltantes que o sequestraram. O garoto avisou à Polícia Militar e repassou as placas e as características do Hyundai HB20. O carro foi avistado em frente à Caixa Econômica do bairro Kobrasol, em São José. Ali a vítima foi liberada e os suspeitos presos. David Elias e Guilherme Augusto portavam um revólver calibre 38. Ambos foram autuados por roubo.

Fim de linha

Agentes da Divisão de Investigação Criminal de São José, auxiliados por policiais militares do 22º BPM, capturaram Rafael Carvalho e Ricardo da Silva, acusados de integrar uma quadrilha que realizou diversos roubos em São José. Um dos assaltos ocorreu em uma distribuidora de produtos de alumínio. Rafael e Ricardo estavam com mandado de prisão. O terceiro integrante do bando estava na mesma situação. “Falta identificar apenas o último integrante e pedir a prisão dele”, comentou o delegado Manoel Galeno.

Assalto a mão armada

Um ladrão não sabia que estava sendo filmado durante o assalto a uma lanchonete na avenida Lédio João Martins (calçadão do Kobrasol), em São José, e foi capturado quinze  minutos depois, na marginal da BR-101, com a bicicleta que usou para fugir, o revólver e o dinheiro (R$ 98). Monitores do sistema acompanhavam a fuga por meio das câmeras de videomonitoramento e informavam a uma viatura o caminho que o suspeito seguia. Claudemir foi autuado por assalto à mão armada.  

Loading...