Operação Verão Seguro irá ter mais de 5 mil policias fiscalizando aglomerações no carnaval

Período de carnaval teve ponto facultativo suspenso no Estado, em virtude de decreto assinado pelo Governador Carlos Moisés (PSL)

Nos próximos dias, entre 12 e 16 de fevereiro, se dá o feriado de carnaval, contudo, em virtude da pandemia, medidas sanitárias que vetam aglomerações seguem em voga. As autoridades policiais, com isso, devem acrescentar reforços na fiscalização.

A Operação Verão Seguro deve abarcar 29 municípios litorâneos, 22  estâncias hidrominerais, duas zonas alfandegárias e em 129 áreas de proteção ambiental, com mais de 5 mil policiais na fiscalização.

Áreas do centro de Florianópolis devem ter fiscalização redobrada durante sábado (13) de carnaval – Foto: Divulgação/GMFÁreas do centro de Florianópolis devem ter fiscalização redobrada durante sábado (13) de carnaval – Foto: Divulgação/GMF

No próximo sábado (13), a GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), PMSC e Vigilância Sanitária devem ter reforços especiais na capital.

A região central terá maior atenção, em localidades como Paulo fontes, Largo da Alfândega, Praça VX e Avenida Hercílio Luz e outros pontos e regiões tradicionais onde sempre ocorreram eventos de carnaval.

“Assim sendo, o objetivo é o de evitar o contágio pelo novo coronavírus e contamos com o apoio dos municípios para que não haja aglomerações e situações que proporcionem a quebra das regras sanitárias e de aumento do índice de contaminação”, afirma o comandante-geral da PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina), Coronel Dionei Tonet.

O período de carnaval teve ponto facultativo suspenso no Estado, em virtude do decreto assinado pelo Governador Carlos Moisés (PSL). Assim, todos os serviços da administração direta, autarquias e fundações do Poder Executivo estadual serão mantidos dentro da normalidade.

“Fica a observação de que, apesar de termos um feriado de carnaval, não estão permitidas as aglomerações públicas. Será um evento diferenciando, onde nós da PMSC, em parceria com os outros órgãos do Estado, estaremos fiscalizando as medidas sanitárias e protegendo a sociedade”, acrescenta o comandante-geral da PMSC.

As medidas sanitárias devem seguir o decreto n°630 do ano passado, que compartilha entre Estado e Municípios a governança da pandemia, dando autonomia às prefeituras para tomar medidas sobre o funcionamento de atividades de acordo com a realidade de cada região.

Contudo, nenhuma dessas medidas deve ser menos restrita do que as normativas estaduais, já que a legislação prevê que os municípios só possam restringir ainda mais.

Regiões de SC se adaptam

Com as restrições, cidades como Itajaí, por exemplo, adotaram comemorações de carnaval online. Em Balneário Camboriú, a Liga Carnavalesca vai levar o Carnaval das Antigas para os bairros da cidade.

As medidas também devem afetar o comércio.  Em Chapecó, no Oeste , os estabelecimentos poderão funcionar normalmente durante os dias do Carnaval, de 13 a 17 de fevereiro.

Já Joinville teve orientação para os lojistas abrirem seus comércios na segunda, dia 15 de fevereiro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...