Paciente é assassinado dentro de hospital em Balneário Camboriú

Alvo dos criminosos foi um homem de 30 anos, que estava internado desde 23 de fevereiro, quando tinha sido baleado

Dois homens armados e encapuzados invadiram o Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, na madrugada desta segunda-feira (2). Conforme a direção da unidade de saúde, os criminosos arrombaram a porta lateral, próxima à UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O alvo foi Anderson dos Santos Coelho, 30 anos, que estava internado desde o dia 23 de fevereiro. Ele foi baleado em uma tentativa de homicídio. Segundo a Polícia Militar, nesta segunda-feira ele levou um tiro no peito e outro no abdômen. A vítima chegou a passar cirurgia, mas morreu às 8h.

Hospital Ruth Cardoso em Balneário Camboriú – Foto: Reprodução/NDTV/ND

A PM informou que Anderson tinha passagens policiais por crimes como roubo, tráfico de drogas e porte de arma. Ele também era investigado em um caso de homicídio, de acordo com o tenente-coronel Alexandre Coelho Vieira, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar.

O caso está sendo investigado de forma integrada pelas polícias Civil e Militar. A identidade dos suspeitos ainda não havia sido descoberta até as 10h.

Momentos de terror

Testemunhas disseram à polícia que os invasores mandaram os funcionários ficar de costas e em silêncio durante toda a ação. Um dos criminosos teria ido até a maca onde estava Anderson e efetuado os disparos. Na sequência, os dois fugiram e não foram mais localizados.

Leia também:

A assessoria de imprensa do Hospital Ruth Cardoso informou que o local possui câmeras de segurança e que as imagens irão auxiliar na identificação dos criminosos. Por meio de nota, disse ainda que a unidade “conta com quatro vigias patrimoniais de prontidão para acionar as forças de segurança em casos que exijam uso de força”.

Nenhum funcionário se feriu durante o ocorrido.

+

Segurança