Pescadores encontrados mortos na Baía da Babitonga são sepultados

Cerimônia de sepultamento de duas das três vítimas ocorreu na manhã desta quinta-feira, em São Francisco do Sul; corpos foram encontrados com os braços amarrados e amordaçados

Foram sepultados na manhã desta quinta-feira (14), dois dos três pescadores  encontrados mortos na última quarta-feira (13) na Baía da Babitonga, em São Francisco do Sul, no Litoral Norte do Estado. Eles desapareceram na sexta-feira (8), quando saíram para pescar na região.

Pescadores desapareceram na última sexta-feira (8) – Foto: Divulgação/ND

A cerimônia de sepultamento de Lúcio Alexandre Caetano dos Santos e Wilson Estêvão Suzena ocorreu por volta das 11h, no Cemitério Municipal de São Francisco do Sul. Abalados, parentes das vítimas deram o último adeus aos dois, que eram cunhados.

Já sobre o velório de Adilson Santos, terceira vítima no caso, a família não autorizou a divulgação de informações a respeito do sepultamento.

Polícia e Marinha investigam o caso

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a morte dos pescadores. Os corpos das vítimas foram encontrados em locais distintos, com os braços amarrados e amordaçados.

A suspeita é que os pescadores tenham sido executados, porém, segundo o delegado Weydson da Silva, nenhuma hipótese foi descartada.

“Não podemos concluir nada ainda. Nem mesmo os familiares puderam nos auxiliar com informações mais precisas da rotina deles”, reitera Silva.

Embarcação onde os pescadores estavam foi encontrada próxima a Ilha dos Herdeiros – Foto: Divulgação/ND

A Capitania dos Portos de São Francisco do Sul também está investigando o caso. De acordo com a Marinha, equipes vão apurar se as vítimas eram habilitadas para conduzir o barco e se sofreram algum tipo de colisão durante o fato.

Segundo o delegado, como se trata de uma embarcação de pequeno porte, o veículo não tinha acompanhamento por GPS que pudesse informar o trajeto realizado pelos pescadores no dia do desaparecimento. Por isso, a direção também será investigada pela polícia e a Marinha.

Entenda o caso

Lucio Alexandre Caetano dos Santos, Wilson Estêvão Suzena e Adilson Santos saíram para pescar na região da Baía da Babitonga na última sexta-feira (8) quando desapareceram. Segundo familiares, o último contato com eles ocorreu por volta das 20h15.

Os três pescadores estavam em uma embarcação de alumínio de cinco metros, pintada de preto. No domingo (10), o barco foi encontrado sem o motor e os materiais de pesca próximo à Ilha dos Herdeiros, também na Baía da Babitonga.

A morte dos três foi confirmada ainda na manhã da última quarta-feira (13), quando os três corpos foram encontrados.

Leia também:

+

Segurança