Polícia apreende refrigerador levado em roubo milionário no Oeste de SC

Crime aconteceu em fevereiro deste ano. 14 refrigeradores de câmaras frias foram roubados. Um prejuízo estimado em R$ 2 milhões.

Na manhã desta quinta-feira (18), uma ação conjunta entre a Receita Federal e a Polícia Militar do Oeste de Santa Catarina, resultou na apreensão de um aparelho de refrigeração de câmaras frias. O objeto estava no pátio de uma empresa, às margens da BR-153, no município de Concórdia. Suspeita-se que seja uma das 14 unidades de Carrier roubados de uma empresa na Linha Tomazelli, entre Chapecó e Guatambu, em fevereiro deste ano.

Roubo aconteceu em fevereiro deste ano – Reprodução/Balanço Geral ChapecóRoubo aconteceu em fevereiro deste ano – Reprodução/Balanço Geral Chapecó

A polícia chegou até o objeto após uma denuncia de que o aparelho estava dentro de uma carreta no determinado endereço. As equipes foram até o local e, com auxílio da Receita Federal de Joaçaba, foi realizada uma fiscalização nos veículos que estavam estacionados no pátio, bem como, a identificação dos proprietários, conforme a PM (Polícia Militar). 

Em um dos veículos, bastante deteriorado e sem placa de identificação, os agentes localizaram o aparelho de refrigeração, novo. Segundo a PM, o funcionário foi questionado se a empresa possuía nota fiscal do produto, entretanto, ele não soube informar. 

Leia também:

Ainda segundo a Polícia Militar, considerando o alto valor deste tipo de aparelho e ciente do roubo milionário, os militares entraram em contato com a empresa. O responsável pelo local confirmou as informações à polícia e repassou a cópia do boletim de ocorrência do caso, bem como a numeração dos aparelhos roubados. 

A PM confirmou, através dos documentos e códigos, que o objeto recuperado é um dos 14 aparelhos de refrigeração de câmaras frias roubados em fevereiro de 2019. O produto foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Concórdia. 

Investigação 

O delegado Elder Chaves, da DRF (Delegacia de Roubos e Furtos) de Chapecó, informou, por telefone, que ainda não havia sido comunicado oficialmente pela polícia sobre a recuperação do objeto. Ele também disse que soube da apreensão do produto, somente após o contato do gerente da empresa e, que, aguarda a chegada do Carrier no município para dar continuidade no procedimento.  

Ainda segundo o delegado, a investigação segue em sigilo, mas que já há a identificação de suspeitos do crime. Ao menos, sete pessoas teriam participado do roubo, que deixou um prejuízo estimado em R$ 2 milhões para empresa. Para a seguradora, o valor chegou a R$ 3 milhões. 

Relembre 

Dois vigias foram rendidos com pistolas e revólveres, por volta das 22h de sábado, dia 24 de fevereiro, quando realizavam rondas no pátio da empresa. Com auxílio de uma empilhadeira, os criminosos carregaram um semi-reboque, da empresa, com as peças que são importadas da Islândia. 

Após cerca de 8 horas do início da ação, o grupo – de aproximadamente quatro pessoas – deixou o local, por volta das 5h da madrugada já de domingo, dia 25.  Nenhuma das 20 câmeras da empresa gravaram a ação. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...