João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Polícia Civil esclarece falso sequestro no Sul do Estado

O caso foi comunicado à DIC no final da manhã desta quinta-feira (10) e a vítima, de 11 anos, foi localizada por volta das 16h.

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, esclareceu um falso sequestro ocorrido na noite de quarta-feira (09), no bairro Coloninha. O caso foi comunicado à DIC no final da manhã desta quinta-feira (10) e a vítima, de 11 anos, foi localizada por volta das 16h.

Segundo a Polícia, após intensa investigação, foi descoberto que a criança estava na casa de um adolecente, de 14 anos, no bairro Divinéia.

O caso iniciou quando a polícia foi avisada sobre um caso de extorsão mediante sequestro. A vítima, de 11 anos, teria embarcado em um veículo próximo ao local onde mora na noite de quarta-feira e desde então, não foi mais vista pela família. A criança fazia contato com familiares e afirmava que estava em cárcere. Mensagens de ameaças à vítima e com pedido de resgate também foram encaminhadas do próprio telefone da criança.

Após oitiva de testemunhas e diversas diligências para localização do paradeiro da vítima e esclarecimento dos fatos, os policiais localizaram a criança e identificaram que ela estava na residência de um adolescente de 14 anos, no bairro Divinéia.

A DIC informou, por meio de nota, que as investigações sobre o caso continuam para esclarecimento dos fatos.

Loading...