Polícia continua buscas aos 10 presos que fugiram em Florianópolis

Barreiras foram colocadas em diversos pontos da Capital. A PM faz um apelo para que a população passe informações se ver alguma vimentação

Divulgação/ND

Barreira policial na Ponte Colombo Salles foi desmobilizada no final da manhã

A Polícia Militar continua as buscas aos 10 presos que fugiram na manhã de sábado na Central de Triagem, que fica dentro do Complexo Penitenciário de Florianópolis. Barreiras foram montadas em diversos pontos da cidade, especialmente na ponte Colombo Salles, que liga a Ilha ao Continente, e agora o Bope (Batalhão de Operações Especiais) realiza buscas nos bairros, concentrando-se nas comunidades do Maciço do Morro da Cruz. A operação da Polícia Militar tem apoio do helicóptero Águia e também de outras forças de segurança.

Por volta das 7h, o agente que levava o café da manhã foi rendido pelos presos, que fugiram pela porta da frente da Central. Eles fugiram em direção ao Morro do Horácio. Imediatamente, a caçada começou.

A Central de Triagem abriga os presos temporários, que aguardam julgamento. Foi lá, em fevereiro de 2011, que foi registrada a maior fuga de presos de Santa Catarina, quando 79 escaparam, levando terror às redondezas. A segurança foi reforçada, mas fugas continuaram ocorrendo no Complexo Prisional.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança