Polícia descobre arsenal de paiol clandestino e apreende 325 bananas de dinamite

Polícia suspeita que explosivos seriam usados em agências bancárias

Divulgação/ND

Carga perigosa. Parte dos explosivos estava no carro, e a maior quantidade foi achada na casa de Maicon Alexssandro Paz

Agentes da DIC (Divisão de Investigação Criminal) e da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de São Miguel D’Oeste apreenderam 325 bananas de dinamite na localidade de Pedreira, interior do município. A suspeita é que os explosivos seriam negociados com quadrilhas especializadas em explosões de caixas eletrônicos.

Parte dos artefatos estava sendo transportada por Maicon Alexssandro Paz, 31 anos, que no momento da abordagem, admitiu ter mais em depósito clandestino.  Na casa dele, numa pequena propriedade rural e sem segurança para armazenar os artefatos, os policiais recolheram diversos materiais explosivos.

No total, foram apreendidas 325 bananas de dinamite da marca Ibegel, tipo E, 121 estopins com espoleta, além de cordéis utilizados na detonação do material. Maicon foi autuado em flagrante por posse ilegal de explosivos, crime previsto no Estatuto do Desarmamento, com pena de até seis anos de reclusão.

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D’Ávila, as investigações serão intensificadas.  O material apreendido será periciado e comparado com artefatos que foram utilizados em roubos a bancos em Santa Catarina.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança