Polícia encontra armas e munições na casa de suspeito de atirar e matar gato em Joinville

Polícia Militar atendeu caso de maus-tratos a animais no bairro Comasa, zona Leste de Joinville

Durante uma ocorrência de maus-tratos a animais na manhã desta sexta-feira (19), em Joinville, a Polícia Militar acabou descobrindo munições e armas ilegais em uma casa no bairro Comasa, zona Leste da cidade.

Três armas e munições foram encontradas nos cômodos da casa do homem suspeito de ter atirado contra o gato – Foto: Polícia Militar, divulgação/NDTrês armas e munições foram encontradas nos cômodos da casa do homem suspeito de ter atirado contra o gato – Foto: Polícia Militar, divulgação/ND

A guarnição policial foi acionada e foi até a zona leste da cidade, onde uma mulher encontrou seu gato morto e suspeitava que seu vizinho fosse o autor do fato, utilizando-se de uma arma de pressão.

A mulher indicou a casa do suspeito de ter efetuado o disparo e os policiais foram até a residência. O dono da casa negou o fato, porém admitiu ter em sua casa armas e munições, indicando onde guardava uma pistola calibre 765.

Em revista nos cômodos da residência, os policiais localizaram, no guarda-roupas, diversas munições de calibres variados (762, 380, 32, 25, 28 e 8mm). Também foram apreendidas duas espingardas, uma de calibre 32, e outra de pressão, que possivelmente foi utilizada na morte do gato.

Somente a espingarda de pressão possuía registro, segundo a PM.  Diante desse fato, o homem foi conduzido, juntamente com as armas e munições, para a Central de Polícia, para as providências cabíveis.

Leia também

Pinguins são encontrados mortos em praias do litoral Norte de SC

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Segurança