Polícia investiga quem dirigia carro que invadiu restaurante em Joinville

Cinco pessoas estavam no veículo. Cliente que foi atropelado dentro do estabelecimento está internado no Hospital São José

Divulgação/ND

Ford Escort ficou completamente destruído no acidente na madrugada de sábado

Detido desde sábado (14) no Presídio Regional de Joinville – suspeito de dirigir embriagado, colidir o carro e atropelar um pedestre – o auxiliar de produção Allison de Souza Santos, 21 anos, deixou ontem à noite o unidade prisional. A Justiça aceitou o pedido de liberdade provisória requerido pelo seu advogado Tiago Morini. Há duas versões para o acidente.;
Allison foi preso depois que o carro onde ele estava com mais quatro pessoas, um Ford Escort, placa JVP-3612, de Joinville, bater na avenida Getúlio Vargas em uma loja de colchões, cruzar a rua Professora Senhorinha Soares, chocar-se contra as toras de madeira quem cercam o deck de um restaurante, atropelar um dos clientes e bater contra um poste. A polícia investiga se era Allison quem dirigia o automóvel.

Leia a matéria completa na edição de terça-feira (17/4/12) do jornal Notícias do Dia de Joinville.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança