Adolescente morta em Campo Belo do Sul foi vítima de estrangulamento

Causa da morte consta na representação apresentada pelo Ministério Público, que pediu a internação provisória do adolescente que confessou o crime

A morte da adolescente Ana Kemilli, de 14 anos, foi causada por estrangulamento. O crime teria ocorrido no dia 8 de fevereiro em Campo Belo do Sul, na Serra catarinense e o corpo da vítima foi encontrado três dias depois.

O corpo de Ana Kemilli foi encontrado no fim da tarde desta quarta-feira (10). – Foto: Reprodução/NDO corpo de Ana Kemilli foi encontrado no fim da tarde desta quarta-feira (10). – Foto: Reprodução/ND

A causa da morte consta na representação (denúncia) do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) apresentada à Justiça pelo promotor Guilherme Back Locks.

Em função da gravidade do ato, que se equipara ao crime de homicídio, o promotor pediu a internação provisória por 45 dias do adolescente de 15 anos que teria matado Ana Kemilli. O pedido foi aceito pela Justiça nesta sexta-feira (12).

O adolescente se apresentou à polícia e confessou a participação no crime na quinta-feira (11).

Internação provisória

De acordo com o MPSC, 45 dias é o tempo máximo de internação de um adolescente infrator sem sentença definitiva.

A ação ocorre ainda quando a liberdade do infrator põe em risco as investigações e o processo, pode interferir na coleta de provas físicas e testemunhais e até ameaça a própria segurança do adolescente, uma vez que o caso gerou comoção e revolta.

Após a conclusão do processo e o julgamento, a Justiça poderá determinar a extensão do prazo de internação, caso necessário, seguindo o que diz o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Relembre o caso

Após dois dias de buscas, o corpo da adolescente Ana Kemilli foi localizado na última quarta-feira (10) amarrado em uma árvore em área de mata no interior de Campo Belo do Sul.

A menina estava desaparecida desde o dia 8 de fevereiro, quando foi vista pela última vez na localidade 17 de Abril, no interior do município.

Na quinta-feira, um adolescente que estava desaparecido deste a terça-feira (9), também em Campo Belo do Sul, foi à polícia, onde confessou participação na morte da adolescente.

O delegado Thiago Gomez, da Polícia Civil de Santa Catarina, solicitou então, a apreensão do garoto.

+

Polícia