Andarilho é preso após matar homem com golpes de facão, em Ponte Alta

Policiais flagraram homem lavando as mãos em riacho próximo ao corpo da vítima; homicídio ocorreu na BR-116

Um homicídio com requintes de crueldade ocorreu na noite da quarta-feira (29), no km 205 da BR-116, em Ponte Alta, na Serra catarinense. De acordo com informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), um andarilho matou um colega, também morador de rua, com um facão. O corpo da vítima foi encontrado partido ao meio, em dois pedaços.

Morador de rua foi morto por colega à facadas na BR-116, em Ponte Alta – Foto: Arquivo/NDMorador de rua foi morto por colega à facadas na BR-116, em Ponte Alta – Foto: Arquivo/ND

Conforme relatos de policiais, por volta das 23h20 da quarta-feira uma testemunha foi até o posto da PRF de Ponte Alta e disse ter visto um homem arrastando um corpo próximo a um ponto de ônibus.

Os oficiais foram até o local e encontraram um homem lavando as mãos em um riacho. Perto dali, foi encontrado um corpo partido ao meio.

O autor do crime confessou o homicídio aos policiais, e relatou que a vítima estava o importunando na parada de ônibus, e então ele reagiu matando o colega com golpes de facão.

O homem foi preso e encaminhado até a delegacia da Polícia Civil do município de Correia Pinto. Ele deverá ser julgado por homicídio qualificado.

O IGP (Instituto Geral de Perícias) foi acionado no local. No entanto, até a tarde desta sexta-feira (31), a vítima ainda não havia sido identificada. De acordo com a assessoria de comunicação do IGP, o fato dele ter sido esquartejado dificulta o processo de reconhecimento do corpo, além disso, ele não portava nenhum documento.

+

Polícia