Animadora de torcida morre ao sofrer castigo por errar uma dança

Nong Mint era caloura em uma universidade e errou o passe da dança que incentivava o time local. Animadora de torcida morreu ao sofrer castigo de ter que dar oito voltas ao redor de um estacionamento

Uma violenta morte, que vem sendo tratada como assassinato pela polícia, chocou alunos e professores da Faculdade de Tecnologia da Universidade Phuket Ratchapat, na Tailândia. A animadora de torcida Pornpipat Iad-dum, de 19 anos, conhecida pelo apelido de Nong Mint, morreu ao passar mal enquanto cumpria um castigo por ter errado um dos passos da dança que incentivava o time da instituição.

Estacionamento onde a caloura desmaiou – Foto: KhaosodEstacionamento onde a caloura desmaiou – Foto: Khaosod

Nong Mint era caloura na universidade. Após errar o passe foi procurada por uma veterana que lhe aplicou um castgo. A jovem teve que dar oito voltas ao redor de um grande estacionamento sem poder parar para beber água. A atividade acontecia sob sol muito forte a a caloura acabou desmaiando.

A caloura foi levada para o hospital onde teve uma parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-la. Mas não tiveram sucesso. As informações são do site de notícias tailandesas “Khaosod”. Na causa da morte os médicos atestaram falência cardiáca após ela ficar sem oxigênio no cérebro por 16 minutos. Médicos também apontadam que a estudante teve hemorragia no pulmões.

Veterana vai ser indiciada pela Polícia

Animadora de torcida morre ao sofrer castigo por errar uma dança – Foto: KhaosodAnimadora de torcida morre ao sofrer castigo por errar uma dança – Foto: Khaosod

Diante da morte a veterana, conhecida como Rawinnipha, foi indiciada. Os familiares dela chegaram a oferecer ajuda para o funeral de Nong Mint. Mas o auxílio foi recuado pela família da caloura. Além disso os familiares da vítima avisaram que vão até as últimas consequências para provar que a veterana deve ser tratada como uma assassina.

A Universidade Phuket Ratchapat divulgou nota dizendo que vai fazer o possível para ajudar nas investigação. Entretanto não comunicou se haverá algum tipo de punição para a veterana que segue matriculada na instituição.

+

Polícia

Loading...