Anvisa alerta sobre golpes em nome da instituição; veja como se prevenir

Segundo anúncio da agência reguladora emitido nesta segunda-feira (1º), os estelionatos são destinados a empresas do setor da saúde

Golpes de estelionato estão sendo praticados em nome da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), de acordo com um comunicado da própria instituição emitido nesta segunda-feira (1º).

Sede da AnvisaPor telefone, o golpista oferece vantagens na análise de processos de registro de produtos – Foto: Anvisa/Arquivo/ND

Segundo denúncias recebidas pela agência reguladora, pessoas estariam se passando por servidores da Anvisa, oferecendo vantagens e facilidades indevidas a empresas de saúde.

O golpe mais recente é praticado por um homem, que usa o nome de Leandro e que se identifica como servidor da Anvisa. Por telefone, ele oferece vantagens na análise de processos de registro de produtos. Os contatos são feitos com empresas do setor de saúde que mantêm relações com a instituição.

A prática é considerada ilegal e se configura como estelionato. Em nota, a agência afirmou que não faz contato direto com empresas para oferecer qualquer tipo de facilidade, nem promessas de auxílio em processos.

A orientação, em caso de dúvida ou denúncias, é entrar em contato direto com a instituição a partir dos canais de atendimento.

Outros golpes

Recentemente, golpes de estelionato ocorreram também em Santa Catarina. Um mulher de 44 anos foi presa nesta segunda-feira por suspeita de usar a identidade do advogado e vice-prefeito de Gaspar, Marcelo Brick.

Segundo a investigação da Polícia Civil, a mulher se aproveitava de pessoas que necessitavam de assessoria jurídica e encaminhava às vítimas um suposto contato telefônico de Brick. No entanto, ela mesma conversava e negociava com as vítimas.

A mulher – que prometia atuar em processos judiciais, inclusive para liberar detentos – cobrava desde dinheiro, até materiais de construção e procedimentos capilares, dependendo do poder aquisitivo das vítimas.

+

Polícia