Assaltante que tentou matar dono de tabacaria é preso no Vale; assista ao vídeo

O crime aconteceu em fevereiro do ano passado, quando dois homens armados entram no estabelecimento e anunciam o assalto

Um homem de 27 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (16) por tentativa de latrocínio em Gaspar, no Vale do Itajaí. Ele é apontado pela Polícia Civil como autor de um disparo de arma de fogo contra o proprietário de uma tabacaria localizada no bairro Figueira.

Assaltante que tentou matar proprietário de tabacaria no Vale é preso – Foto: Reprodução/Arquivo PessoalAssaltante que tentou matar proprietário de tabacaria no Vale é preso – Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O crime aconteceu no dia 5 de fevereiro de 2020, quando dois homens, um deles armado, entram no estabelecimento e anunciam o assalto.

Segundo relato do proprietário, os criminosos teriam ordenado que ele entregasse todo dinheiro do caixa e as chaves de uma caminhonete. A vítima então negou-se a entregar os bens e entrou em luta corporal contra o suspeito que portava a arma.

O proprietário foi agredido com coronhadas. Durante a briga houve um disparo em direção ao alto. Além disso, o criminoso ainda tentou atirar na direção da vítima em duas oportunidades, mas a arma falhou. Os ladrões fugiram levando três aparelhos celulares.

Imagens gravadas por câmeras de monitoramento mostram a ação dos criminosos. Assista:

Após meses de investigação, a Polícia Civil conseguiu identificar o homem que estava portando a arma e pediu a prisão preventiva à Justiça. O suspeito foi detido por policiais do Setor de Investigações Criminais de Gaspar em um imóvel localizado no bairro Velha, em Blumenau.

Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau, onde ficará à disposição da Justiça. Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações continuam para identificar o outro suspeito.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...