Assassino de Saudades passará por avaliação psicológica antes de trocar de cela

Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, está isolado desde a manhã de quarta-feira (12) quando deixou o hospital

Uma das madrugadas mais frias do ano em Chapecó, com temperaturas próximas de zero, foi de isolamento para o autor da chacina em Saudades,  Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, que está preso no Complexo Prisional de Chapecó, localizado no bairro Efapi.

Fabiano deixou o hospital na manhã de quarta-feira – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/NDFabiano deixou o hospital na manhã de quarta-feira – Foto: Roberto Bortolanza/NDTV/ND

O jovem passou a primeira noite na prisão desde o dia do ataque à creche Pró-Infância Aquarela, onde matou cinco pessoas, entre elas três crianças com menos de dois anos. Ele chegou ao Presídio Regional de Chapecó no início da manhã de quarta-feira (13) após receber alta médica do HRO (Hospital Regional do Oeste). 

Kipper Mai passou oito dias internado, inclusive na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), por conta das lesões graves que se auto provocou no dia do ataque. Segundo a PM (Polícia Militar), após atacar as vítimas, o jovem teria desferido golpes contra o próprio corpo. Ele teve ferimentos no tórax e no pescoço e foi levado em estado grave ao hospital. 

O Deap (Departamento de Administração Prisional) revelou que Kipper Mai ficará em quarentena por alguns dias, como protocolo de controle à Covid-19, mas não repassou detalhes da cela onde o rapaz está preso. Ele teve a prisão preventiva decretada um dia após o crime e foi indicado por cinco homicídios triplamente qualificados e uma tentativa de homicídio.

Ao ND+, o diretor do Complexo Prisional, Alecsandro Zani, contou que após o período de quarentena, o assassino passará por avaliação da equipe técnica composta por psicóloga, psiquiatra e setor de segurança para definir se terá condições de ser alocado com demais apenados ou será mantido isolado dos demais.

O inquérito policial sobre o caso foi concluído pela PC (Polícia Civil) nesta quinta-feira. O Delegado Regional, Ricardo Newton Casagrande, destacou que os detalhes – inclusive o depoimento do jovem – serão divulgados às 10h desta sexta-feira (14) em coletiva de imprensa na 12ª Delegacia de Polícia Civil, em Chapecó. 

Na última terça-feira (10), o jovem foi interrogado por quase uma hora ainda no hospital. Conforme a polícia, ele prestou as declarações de forma espontânea, dispensando a presença de um advogado.

Relembre o caso

Fabiano invadiu a creche na manhã de terça-feira, dia 3 de maio. Armado com um facão, o rapaz deu golpes contra duas agentes educativas e quatro crianças, sendo que apenas um bebê sobreviveu. Os corpos foram velados em um ginásio e sepultados no dia seguinte no cemitério do município.

Homenagens às vitimas da creche Aquarela de Saudades – Foto: Willian Ricardo/NDHomenagens às vitimas da creche Aquarela de Saudades – Foto: Willian Ricardo/ND

Ele chegou na creche em uma bicicleta e usava um facão personalizado que foi comprado 11 dias antes do crime. Para intimidar as vítimas, o rapaz estourou rojões na escola. Na casa dele a polícia apreendeu aparelhos eletrônicos, como computador e pen drive, e mais R$ 11 mil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia