Bandidos atacam caminhão que transportava armas e munições em SC

Exército Brasileiro prendeu duas pessoas que transportavam as armas de maneira irregular. Os assaltantes roubaram 18 armas. O caso aconteceu no Oeste catarinense.

Um caminhão carregado com armas e munições foi atacado por bandidos na manhã desta sexta-feira (4), na SC-155, na comunidade de Passo das Antas, no interior do município de Abelardo Luz, no Oeste de Santa Catarina. Ação movimentou grande efetivo policial e o Exército Brasileiro.

Dezenas de armas foram roubadas pelos assaltantes – Foto: Polícia Militar/Divulgação/NDDezenas de armas foram roubadas pelos assaltantes – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

O delegado da PC (Polícia Civil), Marcelo Fernando Tescke, responsável pelo caso, contou que o motorista e o auxiliar do caminhão seguiam sentido Ipuaçu, também no Oeste, quando pararam no acostamento da rodovia e foram abordados por três assaltantes, um deles armado.

Os dois homens foram levados no caminhão Volkswagen/8.160 até uma estrada de terra na SC-479.  Lá, de acordo com o delegado, os criminosos retiraram toda a carga do veículo e fugiram em um veículo de passeio levando 11 pistolas, sete revólveres e 550 munições de diversos calibres. 

A polícia não divulgou os calibres das armas e nem das munições, mas o ND+ apurou que seria de calibres.38 e.357. Os suspeitos pelo roubo não foram encontrados e o caso está sendo investigado.

Duas pessoas foram presas e levadas para a Delegacia da Polícia Civil – Foto: Polícia Militar/Divulgação/NDDuas pessoas foram presas e levadas para a Delegacia da Polícia Civil – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

Duas pessoas presas 

Dois funcionários da empresa foram presos por comércio ilegal de arma de fogo. “Foi verificado que essa empresa de Chapecó não possuía nenhuma autorização para transporte de armamentos e munições. Sendo assim, motorista e auxiliar foram presos em flagrante”, detalhou o delegado.

Caminhão teria sido levado até uma estrada de terra no interior do Município – Foto: Polícia Militar/Divulgação/NDCaminhão teria sido levado até uma estrada de terra no interior do Município – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

O Exército Brasileiro, responsável pela fiscalização e autorizações para as empresas realizarem esse transporte, esteve no local da ocorrência e prendeu o motorista e o auxiliar. Eles foram levados para a Delegacia da Polícia Civil de Abelardo Luz com o armamento que não foi roubado. 

A polícia também contatou o proprietário da empresa, que também será responsabilizado pelo crime. O ND+ não localizou a empresa. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia