Barra de ferro é encontrada ao lado de corpo de mulher morta em Biguaçu

Caso ocorreu no último sábado (8); a vítima, Raphaela Sarah Aguiar Quina Bueno apresentava ferimentos na cabeça

Uma barra de ferro foi recolhida pela perícia junto ao corpo da mulher encontrada morta no último sábado (8), na praia do Saveiro, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

Raphaela Sarah Quina Bueno, de 36 anos – Foto: Reprodução/Redes Sociais/NDRaphaela Sarah Quina Bueno, de 36 anos – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

Ela foi identificada como Raphaela Sarah Aguiar Quina Bueno, de 36 anos, natural de Joanópolis (SP). Ainda não há informações sobre a autoria ou motivação do crime.

A suspeita é de que a barra de ferro tenha sido usada para golpear Raphaela na cabeça, uma vez que o corpo apresentava ferimentos na testa e orelhas. O laudo que vai apontar a causa da morte e que pode confirmar a arma usada no crime ainda não foi finalizado pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

A morte de Raphaela ainda não é tratada como feminicídio. O delegado Rodrigo Dantas, da Polícia Civil de Biguaçu, disse que está apurando o caso. No entanto, ele não quis dar detalhes sobre a investigação.

As primeiras informações apontam para a existência de câmeras de segurança em duas casas próximas ao local onde o corpo foi encontrado. Com a análise das imagens, a polícia espera encontrar pistas que levem à autoria do homicídio.

A vítima

Em uma rede social, Raphaela dizia ser moradora de Balneário Camboriú. Entretanto, a informação não foi confirmada pela polícia. Ela era mãe de um menino de cerca de 10 anos.

Em uma postagem, a irmã de Raphaela lamenta a morte. “Minha Rapha virou estrela. […] Mulher guerreira, linda, que amava reunir e fazer planos com a família, sonhadora e apaixonada pela sua vida!”.

O IGP informou que o corpo da vítima já foi liberado para a família, mas permanecia no Instituto até a tarde desta quarta-feira (12).

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...