Batalhão da Polícia Militar Ambiental de Chapecó terá primeira mulher no comando

Major Andreia Cristina Fergitz assume no lugar do tenente-coronel Adair Alexandre Pimentel que assume nova função de assessoria junto a 4ª Região de Polícia Militar

A major PM Andreia Cristina Fergitz assume a partir de quinta-feira (4), o comando do 2⁰ Batalhão de Polícia Militar Ambiental, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. Ela é a primeira mulher a comandar um batalhão da PMA. A major substituirá o tenente-coronel PM Adair Alexandre Pimentel que estava a frente do 2º BPMA há quase dois anos, gerenciando nove unidades da PMA.

Na imagem a major Andreia aparece com a farda da Polícia MilitarMajor Andreia Cristina Fergitz é a primeira mulher a assumir o 2º BPMA em Chapecó. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação/ND

A passagem do comando será às 18h, desta quinta-feira, será realizada em solenidade reservada aos oficiais da unidade, seguindo as recomendações das autoridades da saúde pública em decorrência da pandemia da Covid-19.

“Pretendo dar continuidade aos projetos que vem sendo realizados, dar atendimento às ocorrência e prestar um serviço de excelência para a população”, disse a nova comandante.

Quase duas décadas de profissão

A major Andreia possui experiência de 17 anos de profissão, tendo desempenhado suas atividades no 2⁰ Batalhão de Polícia Militar em Chapecó, na Força Nacional, e por último, como subcomandante do 20⁰ Batalhão de Polícia Militar em Concórdia.

Formada em Direito, com especialização em Ciências Penais e Administração em Segurança Pública, hoje cursa medicina veterinária e faz pós-graduação em Auditoria,  Perícia e Licenciamento Ambiental.

Trabalho de referência

No período em que esteve à frente do 2º BPMA o tenente-coronel Pimentel comandou uma tropa de 181 policiais militares ambientais, os quais atuam em 164 municípios catarinenses.

Segundo a PMA, durante sua gestão, diversos convênios foram firmados com universidades, usinas hidrelétricas, cooperativas e sindicatos, além do planejamento e execução de operações como da Piracema, Mata Atlântica e Campo Seguro.

Em todas elas, foram desenvolvidas ações de fiscalização, educação ambiental e aproximação entre a Polícia Militar com as comunidades do interior do estado, como no caso do projeto piloto “Javali Chapecó”, que visa monitorar o aparecimento e os danos causados por esta espécie invasora, na área de abrangência do Sindicato Rural de Chapecó.

Dentre os feitos durante a gestão no quartel de Chapecó, também se destacam a promoção da ação “Lixo Zero em Chapecó”, a qual tornou a sede do 2º BPMA, o primeiro quartel que não produz resíduos no país.

tenete-coronel Pimentel com a farda da Polícia Militar de Santa Catarina. A roupa é marrom claro e ele está com uma gravata preta. Ele está sério na foto e seu cabelo é grisalho. Seus olhos são castanho escuro.Tenente-coronel Pimentel esteve a frente do batalhão por quase dois anos. – Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação/ND

Pimentel também viabilizou o convênio entre a PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) e a Unoesc (Universidade do Oeste de Santa Catarina) – Campus Xanxerê, para tratamento veterinário dos animais silvestres, em situação de risco, provenientes das ocorrências da região.

Para o tenente-coronel são dois sentimentos que se misturam, desafio e agradecimento. “Não pensem que é uma tarefa fácil, mas com o apoio da equipe de policiais militares, do comando superior e da sociedade em geral a missão fica um pouco mais leve. Guardarei para sempre em meu coração, cada experiência, cada momento; enfim, cada aprendizado que tive junto ao 2º BPMA”, disse.

Dando continuidade em sua carreira na PMSC, o tenente-coronel Pimentel assume nova função de assessoria junto a 4ª Região de Polícia Militar, também em Chapecó.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia