Cães detectam haxixe proveniente dos EUA que passou ‘escondido’ em raio-X

Apreensão de 3kg de haxixe foi realizada no Paraná, em um segundo momento, só depois que cães farejadores localizaram o entorpecente; ninguém foi preso

A Receita Federal apreendeu 3kg de haxixe provenientes dos Estados Unidos. A droga, no entanto, só foi detectada por cães farejadores. A apreensão foi realizada no Paraná (PR), na região Metropolitana de Curitiba.

Apreensão feita pela Receita Federal, em Curitiba (PR) – Foto: Receita Federal/divulgaçãoApreensão feita pela Receita Federal, em Curitiba (PR) – Foto: Receita Federal/divulgação

O trabalho foi realizado na última quinta-feira (21) e só foi possível graças ao trabalho dos cães denominados Ônix e Wilma. A droga foi detectada e ainda foi necessário serrar o cilindro metálico para a retirada do entorpecente.

O curioso é que o próprio compressor já havia passado pelo raio-X juntamente com outras encomendas e sem levantar suspeitas. Tanto que o cilindro foi imediatamente direcionado para o procedimento de entrega.

A contundência levantada pela cadela denominada Wilma além do movimento do cão Ônix foi o que levou os servidores da Receita Federal a encontrarem a droga.

Os cães apontaram uma das caixas em que havia um compressor de ar, conforme descrito na embalagem. No entanto, ao examinar dentro do equipamento, a indicação dos cães foi confirmada: havia mais de 3 kg de haxixe oculto em seu interior. Foi necessário utilizar uma serra para retirar o entorpecente.

Uma investigação deverá ser aberta para que as responsabilidade sejam apuradas. Ninguém foi preso.

+

Polícia

Loading...