Calça usada em execução e prisões: novo capítulo sobre morte de motorista de app em SC

Duas pessoas foram presas na manhã desta quarta em cumprimento de cinco mandados pela Polícia Civil; arma, munição e calça idêntica a que aparece em vídeo da execução foram apreendidos

A Polícia Civil de Palhoça prendeu na manhã desta quarta-feira (27) dois suspeitos pela execução do casal de adolescentes apontados como responsáveis pela morte do motorista de aplicativo Patrick Costa no início do mês, em Florianópolis.

Os adolescentes de 15 e 17 anos foram encontrados mortos na manhã do dia 12 de outubro, em Santo Amaro da Imperatriz, dias depois da constatação da morte de Patrick. A execução chegou a ser filmada e o vídeo circulou nas redes sociais. Nesta quarta, a Polícia cumpriu três mandados de prisão temporária referente ao duplo homicídio.

Polícia apreendeu armas e calça idêntica a utilizada em vídeo da execução – Foto: Reprodução/Polícia CivilPolícia apreendeu armas e calça idêntica a utilizada em vídeo da execução – Foto: Reprodução/Polícia Civil

Suspeitos tentaram destruir evidências, aponta investigação

Depois das mortes, a Polícia Civil instaurou investigações integradas em relação à morte de Patrick Costa e dos dois adolescentes.

Inclusive, uma ação conjunta coordenada pela DIC de Palhoça envolveu policiais militares de Santo Amaro da Imperatriz, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a agência de Inteligência da 11ª Região da PM.

“As ações policiais da Operação Horús foram eficientes para revelar e reconstituir por meio de provas parte dos atos praticados pelos suspeitos na noite do crime e logo após os delitos, incluindo tentativas de destruírem evidências”, disse uma nota emitida pelo órgão.

As investigações sobre a execução do casal de adolescentes identificaram um carro que teria sido utilizado para levar as vítimas até o local do crime.

Este veículo foi incendiado pelos suspeitos no dia 14 de outubro, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

Duas prisões

A ação realizada nesta quarta cumpriu cinco mandados de busca em residências e três mandados de prisão temporária expedidos pelo Poder Judiciário, referente ao duplo homicídio de dois adolescentes.

Dois suspeitos foram presos. Houve ainda a apreensão de eletrônicos e uma arma de fogo tipo pistola calibre 9 mm com munições.

Além disso, os policiais localizaram uma calça idêntica à usada pelo autor dos disparos que mataram os adolescentes, conforme mostrado no vídeo postado em redes sociais.

Morte do motorista de aplicativo Patrick Costa estaria ligada a adolescentes executados – Foto: Montagem/Reprodução/NDMorte do motorista de aplicativo Patrick Costa estaria ligada a adolescentes executados – Foto: Montagem/Reprodução/ND

As investigações continuam na DIC de Palhoça. Os presos permanecerão à disposição da Justiça.

Mãe de motorista de aplicativo agradeceu assassinato de adolescentes em rede social

A notícia da morte dos adolescentes apontados como responsáveis por sequestrar e matar o motorista de aplicativo Patrick Costa, de 22 anos, teve grande repercussão.

E gerou reação, inclusive, da mãe de Patrick. Em sua conta pessoal no Facebook, Tatiana de Medeiros compartilhou uma publicação que falava das mortes, e agradeceu o crime.

“Deus não dorme nunca e a justiça foi feita meu filho. Fizeram por você, você não merecia isso mas eles pagaram. Não vai trazer você de volta mas obrigada pra quem fez”, escreveu Tatiana.

Do sumiço do motorista de aplicativo até a morte de adolescentes: relembro o caso

motorista de aplicativo Patrick Costa, de 22 anos, sumiu na noite de quarta-feira (6), depois de sair para trabalhar fazendo corridas. O último contato dos familiares com o jovem foi na madrugada de quinta-feira (7).

Na manhã de sexta (8), o carro utilizado por Patrick foi localizado através do GPS, no bairro Rio Vermelho, no Norte da Ilha. O veículo estava vazio e com visíveis danos na lateral.

Patrick passou três dias desaparecidos, e o corpo foi encontrado enterrado nas dunas do Rio Vermelho – Foto: Reprodução/Redes SociaisPatrick passou três dias desaparecidos, e o corpo foi encontrado enterrado nas dunas do Rio Vermelho – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Três dias depois do sumiço, o corpo do jovem foi encontrado na manhã de sábado (9), enterrado nas dunas do Rio Vermelho. Foram identificados golpes de faca no corpo de Patrick.

A principal suspeita dos policiais era de que dois adolescentes teriam cometido o crime. Já na manhã de terça-feira (12), foram localizados corpos de um casal de 15 e 17 anos no interior do município de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis.

IGP (Instituto Geral de Perícias) constatou que eles teriam sido executados. As características dos adolescentes batem com as informações e traços obtidos pela polícia.

Foto mostra corpo estirado em estrada de terra, em área isolada de Santo Amaro da Imperatriz – Foto: Reprodução/NDFoto mostra corpo estirado em estrada de terra, em área isolada de Santo Amaro da Imperatriz – Foto: Reprodução/ND

Na quarta-feira (13), os dois adolescentes foram identificados e os corpos liberados do IML de Florianópolis. As identificações não foram reveladas.

A adolescente de 15 anos teve um enterro “vazio” no bairro da Armação, no Sul da Ilha, onde morava.

Depois de um longo período de investigação, nesta quarta-feira (27), foram presos os primeiros suspeitos pelo duplo homicídio dos adolescentes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...