Causa fútil motivou emboscada e morte envolvendo moletom em Lages

Autor dos disparos passou quatro meses foragido e será indiciado por homicídio com duas qualificadoras; crime ocorreu em terreno baldio de Lages

Após quatro meses de buscas, a DIC (Divisão de Investigação Criminal) prendeu o autor da morte de Dionei dos Santos, de 34 anos. A vítima foi assassinada em maio deste ano após desentendimento envolvendo uma dívida de moletom. O crime ocorreu em Lages, na Serra de Santa Catarina.

Causa fútil motivou emboscada e morte envolvendo moletom em LagesVítima foi atraída para terreno baldio, onde foi assassinada com dois tiros – Foto: Maps/Divulgação/ND

Conforme o delegado Davyd de Oliveira Girardi, o autor do crime deve ser indiciado por homicídio com as qualificadoras de emboscada e motivo fútil. Isso porque o desentendimento foi desencadeado por um moletom roubado pela vítima para troca por drogas.

Os dois eram do mesmo círculo de amigos. O autor do crime, de 25 anos, esquecera a peça de roupa no carro do irmão de Dionei. A vítima pegou para si o moletom com o objetivo de trocá-lo por drogas e nunca ressarciu pelo roubo.

Irritado, o autor do crime convidou Dionei para usar drogas em um terreno baldio na rua Fortunato Muniz, no bairro Santa Cândido, em Lages. Era uma emboscada. A vítima foi assassinado com dois disparos de fogo – o que justifica a primeira qualificadora, explica Giradi.

Fuga

Desde então, o suspeito esteve se escondendo na casa de parentes e amigos. O foragido passou por outros municípios. Segundo o delegado, há mais passagens criminais contra ele. Esta é a primeira por homicídio. O suspeito confessou o crime nesta segunda-feira (4).

Ele está preso temporariamente. O inquérito tem prazo de conclusão em 30 dias e ainda há aspectos a serem elucidados, conforme a investigação. Nesta quarta-feira (6), os policiais cumpriam diligências.

+

Polícia

Loading...