Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


“Cidade apavorada”: Deputado narra clima de desespero em Saudades após chacina em creche

Fabiano da Luz (PT) relatou os momentos de pânico no município do Oeste de SC por causa de tragédia em creche

O deputado estadual Fabiano da Luz (PT), que divide residência entre Pinhalzinho e Saudades, descreveu o sentimento de pânico que se instalou na cidade após um jovem de 18 anos matar crianças e professoras em uma creche nesta terça-feira (4).

Cinco pessoas, três crianças, todos bebês com menos de 2 anos, uma professora e uma agente educativa foram mortas em um ataque a creche Pró-Infância Aquarela.

“O desespero tomou conta do município com com relação a tragédia, e a informação que se tinha era de que poderiam ser mais jovens, que poderia ser em outras escolas, o que causou uma grande correria de pais indo retirar os seus filhos”, relatou.

Crime deixou a comunidade de Saudades perplexa. – Foto: Willian Ricardo/NDCrime deixou a comunidade de Saudades perplexa. – Foto: Willian Ricardo/ND

O deputado continua e diz que o fato deixou a cidade “apavorada”.

“Além do desespero que ocorreu nesta própria creche, funcionários e alunos tentando imobilizar esse rapaz.

Lógico que isto deixou a região apavorada e impressionada, porque aquilo que a gente está acostumado a ver na TV de outros países de repente está acontecendo na nossa cidade”.

A tragédia deixou um misto de sentimentos na região, conforme os relatos de Fabiano da Luz.

“Todos com muita tristeza, muita revolta e com muita angústia. Lado psicológico da sociedade que está bem abalado e a gente precisa começar a pensar em como curar nossa sociedade”, complementa.

Prestar mais atenção nas pessoas

Perguntado sobre a lição que a tragédia deixa, o deputado ressalta a importância do cuidado em relação à pessoas que possam ter algum transtorno.

“A gente precisa estar sempre atento a tudo que está acontecendo, a lição é que a gente não pode desprezar nenhuma pessoa que possa estar revoltada, depressiva, porque a gente não sabe o que sai da cabeça dessa pessoa”, disse.

Além disso, Fabiano da Luz chama a atenção sobre a divulgação da identidade do criminoso.

“Não devemos deixar ninguém se tornar herói, ficar reproduzindo e divulgando o nome dessa pessoa pra que não sirva de incentivo a outras. E que a gente saiba dar mais valor pro ser humano e consiga anular qualquer ato de violência que possa acontecer no nosso país”, conclui.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.