Clínica em Jaraguá do Sul é interditada por oferecer bronzeamento ilegal

Serviços de bronzeamento artificial eram feitos a partir de pré-agendamentos com os clientes

Uma clínica de estética foi interditada, nesta quarta-feira (23), em Jaraguá do Sul, Norte de Santa Catarina, por utilizar câmaras de bronzeamento artificial. O equipamento é proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) desde 2009.

Estabelecimento de estética foi interditado nesta quarta (23) -Estabelecimento de estética foi interditado nesta quarta (23) – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

A Vigilância Sanitária já havia lacrado três câmaras do estabelecimento no início do ano. Segundo a Polícia Civil, os lacres teriam sido rompidos pela própria proprietária.

A ação aconteceu em conjunto com a Polícia Civil, que afirmou que as sessões aconteciam de forma pré-agendada com os clientes.

O local, então, foi interditado “pela reiteração da proprietária em descumprir as determinações anteriormente impostas”, afirmou a polícia. Os equipamentos foram novamente lacrados.

Aparelhos já haviam sido lacrados no começo do anoAparelhos já haviam sido lacrados no começo do ano – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Agora, a proprietária da clínica vai responder a inquérito policial para apurar a possível prática de crime contra as relações de consumo.

Proibição

A Anvisa proibiu o uso de câmaras de bronzeamento artificial em novembro de 2009, a partir da Resolução nº 56. A justificativa é que a emissão de radiação ultravioleta causam problemas à saúde.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...