Corpo com mãos amarradas e marcas de tiros choca moradores em rua da Grande Florianópolis

Cadáver foi encontrado em uma rua da Palhoça, em plena luz do dia, próximo a uma escola no Morro do Gato

Moradores do Morro do Gato, no bairro São Sebastião, em Palhoça, na Grande Florianópolis, se depararam com uma cena assustadora no início da tarde desta terça-feira (14).

Em plena luz do dia e em uma rua próxima a uma escola, onde pais deixavam seus filhos, estava um homem morto, com as mãos amarradas e marcas de tiros pelo corpo. A PM (Polícia Militar) informou que ainda atendia à ocorrência por volta das 14h45.

Homem foi encontrado morto e com as mãos amarradas em rua de Palhoça na tarde desta terça (14) – Foto: ReproduçãoHomem foi encontrado morto e com as mãos amarradas em rua de Palhoça na tarde desta terça (14) – Foto: Reprodução

Às 13h30, uma conta no Instagram denunciou o fato, alegando que várias famílias passavam pelo local para levar as crianças para a escola e que até aquele momento nenhuma viatura da polícia havia chegado.

O relato também citou “vários projéteis de arma ao lado da vítima”. Segundo a descrição, o homem é moreno, vestia bermuda e usava um boné preto.

A PM confirmou a ocorrência e informou à reportagem que já estava realizando os primeiros procedimentos. O comando do 16º Batalhão da PM de Palhoça emitiu uma nota em que classificou o caso como homicídio.

A vítima foi descrita como um “masculino com aparência jovem” pela PM. Ele tinha 29 anos e tinha passagens policiais.

Ainda segundo as informações preliminares repassadas pela PM, o homem foi alvejado com arma de fogo na região da cabeça. A Polícia Civil e o IGP (Instituto Geral de Perícias) foram acionados.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...