Corpo de homem é achado em mata após incêndio em casa em cidade de SC

Mulher de 51 anos ficou ferida e foi encaminhada ao hospital com traumatismo craniano; caso ocorreu em Saltinho, no Oeste do Estado

Um suposto incêndio criminoso em uma casa na linha Santa Helena, interior do município de Saltinho, no Oeste de Santa Catarina, está sendo investigado pela PC (Polícia Civil). O caso foi registrado por volta das 5h30 da madrugada desta quarta-feira (8) quando o Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para controlar as chamas.

Corpo de Bombeiros utilizaram cerca de 9 mil litros de água para controlar o incêndio.Corpo de Bombeiros utilizaram cerca de 9 mil litros de água para controlar o incêndio.

Segundo informações dos bombeiros, no local foi socorrida uma mulher de 51 anos com ferimentos no rosto, no nariz e com três dentes quebrados na parte da frente da boca. A vítima estava consciente, mas desorientada e confusa. Ela foi conduzida ao Hospital Santo Antônio de Campo Erê e, mais tarde, transferida para o hospital em São Miguel do Oeste.

A guarnição informou que levou cerca de 2h30 para combater as chamas e realizar o rescaldo do local. Conforme os bombeiros foram utilizados cerca de nove mil litros de água. O local foi isolado para perícia.

Homem é encontrado morto

Enquanto a guarnição efetuava o combate as chamas a PM (Polícia Militar) de Saltinho foi acionada e esteve no local. Segundo o sargento Alexandro Freitas da Silva, quando chegaram ao local a mulher já havia sido atendida pelos bombeiros.

Um jovem de 18 anos e sua irmã, uma adolescente que não teve a idade informada, estavam do lado de fora da casa e, no momento que os policiais chegaram, um homem de 56 anos, estava desaparecido.

“Iniciamos as buscas pelo homem e, por volta das 8h, os familiares localizaram o corpo dele a cerca de 200 metros da casa numa área de mata. A suspeita é de que ele tenha tirado a própria vida. O IGP esteve no local junto com o IML para fazer a perícia”, informou.

Suposto desentendimento

De acordo com informações do delegado da Polícia Civil de Campo Erê, José Danezi Neto, responsável pelas investigações, as informações preliminares são de que alguém teria ateado fogo na casa. Porém, ainda não se tem conhecimento de quem seria a autoria.

Casa ficava localizada no interior de Saltinho. – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/NDCasa ficava localizada no interior de Saltinho. – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/ND

“Apuramos, preliminarmente, que o casal teria tido um desentendimento e que os filhos teriam acordado com o pai desesperado os chamando para fora em decorrência do incêndio. Estamos investigando como o fogo iniciou e as circunstâncias da morte do homem, bem como dos ferimentos da mulher”, esclareceu.

O delegado informou, ainda, que a suspeita é de que a mulher tenha recebido uma pedrada na cabeça e teve traumatismo craniano. O atual estado de saúde dela não foi informado e a vítima ainda não foi ouvida pela polícia.

Um laudo do IGP (Instituto Geral de Perícias) vai apurar as causas do incêndio e da morte do homem. Nesta quinta-feira (9) testemunhas serão ouvidas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...