Corpo de idoso assassinado teria sido descoberto três dias após o crime no Sul de SC

Osvaldo João Mates, 68 anos, morava sozinho e foi morto com ao menos duas facadas em um possível roubo em Armazém, no Sul de SC

O corpo do idoso Osvaldo João Mates, 68 anos, ficou cerca de três dias sem ser descoberto na casa onde ele morava sozinho em Armazém, no Sul de Santa Catarina. Um amigo de Osvaldo que o foi visitar e um vizinho entraram na residência na última sexta-feira (20) e encontraram o corpo já em estado avançado de decomposição e com marcas de sangue no pescoço.

Osvaldo teria voltado de uma viagem à Blumenau, onde passou por consultas e exames. Ele teria passado por um transplante de órgãos há alguns meses. A ex esposa e os filhos moram em Florianópolis. Osvaldo teria sido visto pela última vez na segunda-feira (16) na casa.

Osvaldo João Mattes foi encontrado morte em cima da cama da casa onde morava em Armazém, no Sul de SC – Foto: Bruno Golembiewski/NDOsvaldo João Mattes foi encontrado morte em cima da cama da casa onde morava em Armazém, no Sul de SC – Foto: Bruno Golembiewski/ND

O idoso foi morto com ao menos duas facadas no pescoço e o crime chocou a pequena cidade de cerca de oito mil habitantes. A caminhonete dele foi levada e ainda não foi encontrada. A principal linha de investigação é que tenho ocorrido um latrocínio (roubo seguido de morte). “Em relação a este caso, estamos trabalhando. Não posso passar detalhes, por enquanto”, explicou o delgado responsável pelo caso, Éder Matte.

O delegado destaca que seguem as buscas pela caminhonete S10, ano 2001, de cor prata com placas MKF-2800 de Armazém. “Se alguém tiver qualquer informação sobre o carro passar para a DP (Delegacia de Polícia) de Armazém”, informa o delegado. O telefone da delegacia é o (48)3651-1887.

Relembre o caso

Um amigo de Osvaldo foi o visitar, o chamou e não foi atendido. Então conversou com um vizinho que disse não saber mais informações. Ambos resolveram entrar na casa e encontraram o corpo de Osvaldo, no bairro Sertão Correas.

Eles acionaram a Polícia Militar (PM) que foi até o local na Estrada Geral Sertão dos Correa. Ao entraram na casa, os policiais já sentiram um forte odor. O corpo do idoso estava em um quarto no segundo andar da casa, caído em uma cama com marcas de sangue no pescoço.

Os policiais observaram que o quarto em que o corpo foi encontrado estava completamente bagunçado, bem como a caminhonete dele uma GM S10 não se encontrava na casa.

+

Polícia

Loading...