Corpo é encontrado na praia em Balneário Rincão, no Sul de SC

Segundo IML, há a suspeita de que corpo seja a menina de 11 anos que desapareceu no mar da Guarda do Embaú, mas identificação depende de exames de arcada dentária

Um corpo feminino foi encontrado na noite desta quinta-feira (19) em Balneário Rincão, no Sul de Santa Catarina. Em avançado estado de decomposição, ele foi visto por volta de 18h30, sem documentos.

Corpo de Bombeiros nas buscas da menina de 11 anos desaparecida em Palhoça. Há suspeitas de que o corpo seja dela – Foto: Divulgação/CBMSC

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Criciúma. Há a possibilidade de que a vítima seja a menina de 11 anos que desapareceu no mar da Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis, no último dia 5 de novembro, segundo o órgão.

O IML encontrou um fragmento de roupa junto com o corpo, mas não foram divulgados detalhes. De acordo com o delegado da Polícia Civil de Içara, Rafael Iasco, que acompanha o caso, ainda não há como determinar de quem seja o corpo.

“A arcada dentária está bem prejudicada e não temos a mínima ideia de quem possa ser. Muita gente cai no mar e não é encontrado. Além da criança de 11 anos da Guarda do Embaú, tem mais uma mulher de Laguna, desaparecida também”, afirma.

Segundo o IML, a identificação depende de exames de arcada dentária, que estão sendo realizados pelo IML de Florianópolis. Caso esse exame seja inconclusivo, será necessário realizar o DNA. Ainda não há previsão para a conclusão dos exames.

Entenda o caso

Uma menina de 11 anos está desaparecida no mar da prainha da Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis, desde a tarde do dia 5 de novembro.

Ela se afogou junto com uma jovem de 19 anos que foi resgatada pelos guarda-vidas, mas não resistiu. Ela morreu no hospital dois dias após o resgate. A menina ainda não foi encontrada.

+

Polícia