Corpo em decomposição é encontrado durante restauração de mansão em Paris

Operários que iniciaram o trabalho de restauração encontraram o corpo em um dos porões da casa; o homem identificado morreu há mais de 30 anos

O corpo de um homem morto há mais de 30 anos foi encontrado durante uma restauração em uma mansão de Paris. O corpo estaria embaixo de uma pilha de tábuas e entulhos, dentro de um dos porões da casa, segundo jornal The Sun. 

Entrada da mansão onde o corpo foi encontrado – Foto: The Sun/DivulgaçãoEntrada da mansão onde o corpo foi encontrado – Foto: The Sun/Divulgação

O homem foi identificado como Jean Pierre Renaud, que, na época, tinha problemas alcoólicos e estava sem residência fixa. Ele estaria com os ossos quebrados e com cortes de faca pelo corpo. 

A polícia abriu uma investigação. “Não está claro se ele morreu na mansão ou foi levado para lá, e talvez nunca possamos descobrir quem foi o responsável pelo crime”, disse uma fonte da polícia ao jornal. 

Os filhos de Renaud foram localizados e informados do acontecido.

A mansão fica perto da casa oficial do primeiro ministro francês, em um dos bairros mais procurados da cidade. A propriedade foi colocada à venda em janeiro como “o último imóvel verdadeiramente significativo”, por um valor equivalente a R$ 217 milhões.

+

Polícia

Loading...