Dona de casa encontra bebê congelado dentro de geladeira

Dona de casa estava descongelando a geladeira quando encontrou o corpo; perícia identificou que bebê é uma menina

Um bebê de idade ainda não identificada foi encontrado congelado dentro de uma geladeira, por uma dona de casa, na terça-feira (30). A mãe, de 30 anos, é a principal suspeita de ter abandonado o próprio filho, e está presa.

O caso aconteceu em Belo Horizonte, em Minas Gerais. O corpo foi encontrado enquanto a dona de casa fazia uma limpeza na geladeira. A mulher teria abandonado o bebê há cerca de um ano, na casa da mulher de 56 anos que a encontrou.

Investigações sobre o que causou a morte de mulher ainda será esclarecida por exames do IML – Foto: Arquivo/Bruno Golembiewski/NDInvestigações sobre o que causou a morte de mulher ainda será esclarecida por exames do IML – Foto: Arquivo/Bruno Golembiewski/ND

Segundo a mulher que encontrou o bebê, a mãe da criança a entregou um embrulho, em uma sacola, pedindo para guardar na geladeira, alegando que era um pedaço de carne e que não tinha refrigerador para manter.

A suspeita não apareceu mais na casa da mulher, e foi presa esta semana. Ela disse, em depoimento, que o bebê já nasceu morto. Ela pode ser indiciada por aborto e até por homicídio, mas tudo depende do que for provado durante a investigação.

O corpo da criança está no IML (Instituto Médico Legal) para perícia, que já identificou que se trata de uma menina. A Polícia Civil de Minas Gerais investiga o caso.

Caso semelhante em SC

Em 2019, um caso semelhante aconteceu em Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina. Segundo o IGP (Instituto Geral de Perícias), o bebê era um feto de 26 a 28 semanas, do sexo masculino e ainda estava com a placenta.

Bebê foi encontrado em mochila junto a carnes congeladas em Camboriú, em 2019 – Foto: RICTV/ReproduçãoBebê foi encontrado em mochila junto a carnes congeladas em Camboriú, em 2019 – Foto: RICTV/Reprodução

O corpo do bebê foi encontrado congelado em uma mochila junto com carnes doadas a um catador de recicláveis.

O catador recebeu a carne de um desconhecido e pediu para um casal, dono de uma empresa de reciclagem, guardar os produtos. Uma mulher contou que percebeu algo estranho ao guardar a carne na geladeira. Ao perceber que se tratava do corpo de um bebê, o casal acionou a Polícia Militar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...