Dono de loja tem prejuízo de R$ 500 mil após furto de bicicletas em Timbó

A Polícia Militar chegou a prender um suspeito e recuperar parte do material nesta segunda-feira (16)

Uma loja de bicicletas em Timbó, no Vale do Itajaí, teve um prejuízo de R$ 500 mil por conta de um furto. O estabelecimento foi alvo de bandidos que levaram várias bicicletas e diversos acessórios esportivos. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (16).

Estabelecimento em Timbó foi alvo de bandidos na madrugada da última segunda-feira (16) – Foto: Reprodução/Google Maps/NDEstabelecimento em Timbó foi alvo de bandidos na madrugada da última segunda-feira (16) – Foto: Reprodução/Google Maps/ND

Em conversa com a reportagem da NDTV, o proprietário do local informou que os bandidos utilizaram uma abertura no telhado da loja para entrar no estabelecimento e furtar os produtos. O alarme de segurança chegou a disparar, mas logo foi desativado pelos criminosos.

O proprietário confirmou ainda o furto de 20 bicicletas, uma delas avaliada em cerca de R$ 85 mil.

Parte dos equipamentos recuperados

Ainda na manhã de segunda-feira (16) a PM recebeu uma denúncia sobre um homem que estava vendendo artigos esportivos de ciclismo em uma rua de Indaial. Ao abordar o suspeito, o mesmo informou que algumas bicicletas estavam escondidas na mata próxima a um mercado, além de ter diversos acessórios em casa.

O material foi apreendido e o suspeito preso. Posteriormente os equipamentos foram identificados pelo dono do estabelecimento.

Polícia Militar recuperou parte da mercadoria roubada ainda na segunda-feira (16) - Divulgação/PMSC/ND
1 2
Polícia Militar recuperou parte da mercadoria roubada ainda na segunda-feira (16) - Divulgação/PMSC/ND
Polícia Militar recuperou parte da mercadoria roubada ainda na segunda-feira (16) - Divulgação/PMSC/ND
2 2
Polícia Militar recuperou parte da mercadoria roubada ainda na segunda-feira (16) - Divulgação/PMSC/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...