Empresário de Guabiruba é preso por vender carga roubada em Itajaí

Suspeito era considerado foragido da justiça desde a deflagração da operação Fio Solto pela Polícia Civil de Brusque no início de outubro

A Polícia Civil de Brusque com o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Itajaí prendeu na tarde desta terça-feira (19), um empresário de Guabiruba que estava foragido por envolvimento em receptação de carga, ou seja, comercializar carga roubada e associação criminosa.

Os policiais identificaram o suspeito no início de outubro após de deflagração da operação Fio Solto da Polícia Civil de Brusque, que apreendeu mais de 450 caixas de fios roubados em Brusque, Guabiruba e São João do Itaperiú.

Empresário fugiu para o Paraguai, mas foi preso nesta terça-feira em Itajaí – Foto: Arquivo/Bruno Golembiewski/NDEmpresário fugiu para o Paraguai, mas foi preso nesta terça-feira em Itajaí – Foto: Arquivo/Bruno Golembiewski/ND

Quando a operação foi deflagrada, o empresário fugiu para o Paraguai, mas foi preso nesta terça-feira na rodovia Antônio Heil, na altura de Itajaí. A prisão contou ainda com o apoio da DFR (Divisão de Furtos e Roubos) de Brusque.

Desde que fugiu, a equipe da DFR monitorava o empresário até o retorno dele a Guabiruba, com o apoio da PRF, o suspeito foi detido.

Operação Fio Solto

No último dia 5 de outubro a Polícia Civil de Brusque apreendeu mais de 450 caixas de fios roubado e duas pessoas acabaram presas através da operação Fio Solto.

A carga veio de um roubo que ocorreu em São José dos Pinhais no Paraná, no dia 25 de setembro avaliada em R$ 690 mil. A polícia recebeu informações de que a carga foi levada para Guabiruba.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...