Equipe da NDTV Record é agredida durante reportagem em Joinville

Repórter e operador de câmera haviam parado em choperia para registrar briga generalizada quando ocorreram as agressões

Uma equipe da NDTV Record foi agredida durante a produção de uma reportagem na noite deste sábado (15) em Joinville, no Norte de Santa Catarina. As agressões ocorreram em frente a Choperia Dona Francisca na área Central da cidade.

Parte da frente do carro foi totalmente destruída pelos agressores – Foto: Ricardo Alves/NDTVParte da frente do carro foi totalmente destruída pelos agressores – Foto: Ricardo Alves/NDTV

Segundo uma testemunha, que não quis se identificar por medo, a briga iniciou no interior do restaurante. Um segurança, então, retirou os envolvidos para fora do local no momento em que a equipe da NDTV parou e começou a filmar a situação.

Nisso, um dos agressores subiu em cima do carro da emissora, chutou o para-brisa e o teto do veículo, além de quebrar o vidro. Já o outro, abriu a porta e agrediu o repórter Ronaldo Daros. Ainda segundo a testemunha, o estabelecimento estava ‘lotado’ no momento da confusão.

“Estava ocorrendo uma briga e paramos para filmar. O momento que eu levantei o celular, ainda dentro do carro, eles vieram até mim dizendo ‘não filma, não filma’. Nisso, começaram a me bater. Levei soco na cara e no estômago”, relembra o repórter, que diz, ainda, que os agressores tentaram o tempo todo o retirar do carro, além de o ameaçarem de morte.

Ainda segundo o operador de câmera Ricardo Alves, ele desceu do carro e tentou conter os agressores, porém, foi empurrado. Depois disso, a equipe conseguiu fugir do local.

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local e um boletim de ocorrência a respeito das agressões foi registrado. “Eu fiquei em estado de choque. O medo é tão grande que você nem percebe direito o que aconteceu na hora”, enfatiza Ronaldo.

Ao ND+, a dona do estabelecimento disse que o local segue todas as regras sanitárias e, conforme informações repassadas à ela, a briga começou do lado de fora. Além disso, ela alegou que está a disposição da polícia para prestar todos os esclarecimentos sobre o caso.

Vídeo mostra momento da agressão

A polícia trabalha para identificar os responsáveis pelas agressões. Inclusive, eles tentam descobrir a identidade por meio de um vídeo, que mostra o momento exato em que os agressores partem para cima da equipe.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia